Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense faz 2 a 0 no Náutico em Recife em tarde de Samuel, promessa do clube

Time carioca chega a 15 pontos e se mantém entre os líderes do Brasileirão

iG São Paulo | - Atualizada às

Futura Press
Samuel, no centro, é celebrado por seus companheiros depois do primeiro gol marcado em Recife contra o Náutico

O atacante Fred não fez falta ao Fluminense neste sábado. Com grande atuação do goleiro Diego Cavalieri e o oportunismo do jovem Samuel, o time carioca manteve o bom momento e venceu por 2 a 0 o Náutico, neste sábado, em Recife, pelo Campeonato Brasileiro. Os cariocas suportaram a pressão dos donos da casa e marcaram duas vezes, cada um em um tempo, para decretar mais um triunfo na Série A. Com o resultado, os tricolores chegaram a 15 pontos. Já os pernambucanos permaneceram com sete.

Leia também: Em BH, São Paulo abafa crise e derruba invencibilidade do Cruzeiro

O Náutico dominou grande partida da partida, mas desperdiçou diversas oportunidades. Quando acertava o alvo, os donos da casa paravam nas grandes defesas de Diego Cavalieri. Já o Fluminense abriu o placar na primeira finalização no jogo, com Samuel de cabeça. No segundo tempo, o panorama seguiu o mesmo até os tricolores ampliarem novamente com o jovem atacante, aproveitando rebote do goleiro Felipe.

Na próxima rodada, o Fluminense terá o clássico contra o Flamengo, no domingo. Já o Náutico, entra em campo no sábado, para encarar o Atlético-GO, em Goiânia.

O jogo
O Náutico aproveitou o mando de campo e dominou o início da partida. No entanto, os donos da casa só conseguiram criar a primeira boa chance de gol aos 13 minutos. Souza foi lançado, levou a melhor sobre Bruno, mas finalizou fraco em cima de Diego Cavalieri. O meia do time pernambucano era o destaque do confronto e por pouco não abriu o placar três minutos depois. Ele finalizou da entrada da área e a bola passou raspando a trave direita do goleiro carioca.

Tendo facilidade de chegar ao ataque, o Náutico teve outra oportunidade aos 19 minutos. Após falha de Anderson ao tentar tirar o perigo da área, a bola sobrou para Rhayner, mas o atacante tocou por cima do travessão. O domínio dos pernambucanos era tamanho, que os donos da casa tinham oito chutes ao gol contra nenhum do Fluminense, que sofria com a marcação adversária.

No entanto, na primeira chance, o Fluminense abriu o placar, aos 30 minutos. Deco cobrou falta na área e o atacante Samuel apareceu sozinho para cabecear para a rede de Felipe, que nada pode fazer para impedir o gol carioca.

VEJA FOTOS DA 7ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Após o gol, o Fluminense conseguiu diminuir a pressão do Náutico. Além disso, os tricolores tiveram nova chance com Wellington Nem, aos 36 minutos. O atacante arriscou de longe e Felipe fez a defesa em dois tempos. A resposta dos donos da casa veio em seguida. Souza apareceu livre e tocou na saída de Cavalieri, mas o goleiro fez grande defesa e impediu o empate.

Nos minutos finais, o jogo ficou concentrado no meio, mas o Náutico ainda teve tempo de desperdiçar uma oportunidade. Martinez chutou errado e a bola sobrou para Souza, livre. O meia finalizou, mas Diego Cavalieri salvou o Fluminense com uma defesa com os pés. Assim, os visitantes foram para o intervalo com a vantagem no placar.

No segundo tempo, o Náutico começou criando ótima chance logo aos três minutos. Kim foi lançado, levou a melhor sobre Gum e finalizou. No entanto, o atacante parou em mais uma grande defesa de Diego Cavalieri. Três minutos depois, os pernambucanos novamente chegaram perto do gol. Lúcio cruzou pela esquerda e Kim apareceu sozinho para cabecear, mas para fora.

Assim como na etapa inicial, o Náutico dominava o confronto e desperdiçava muitas chances. Aos 12 minutos, Martinez cobrou falta na entrada da área no ângulo, mas novamente Diego Cavalieri salvou o Fluminense. Depois do lance, os visitantes melhoraram a marcação e conseguiram segurar os avanços dos pernambucanos.

Veja os gols de Náutico 0 x 2 Fluminense:


O Fluminense passou a atacar mais intensidade e não demorou para ampliar o marcador nos Aflitos. Jean recebeu passe de Deco e chutou dentro da área em cima de Felipe. No rebote, Samuel só teve o trabalho de tocar para a rede e fazer seu segundo gol na partida.

O revés foi sentido pelo Náutico, que não teve força para seguir com o domínio da partida. Com isso, o Fluminense passou a administrar o resultado e manter a posse de bola no setor ofensivo. Somente nos minutos finais, os pernambucanos esboçaram uma pressão, mas de novo viram Diego Cavalieri salvar os visitantes. Assim, os cariocas saíram de campo com mais uma vitória.

FICHA TÉCNICA - NÁUTICO 0 X 2 FLUMINENSE

Local: Aflitos, em Recife (PE)
Data: 30 de junho de 2012 (Sábado)
Horário: 16h20(de Brasília)
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)
Assistentes: Alessandro Rocha de Mattos (Fifa-BA) e Pedro de Araújo (AL)
Cartões amarelos: Martinez e Lúcio (Náutico); Deco e Jean (Fluminense)

Gols: Samuel, aos 30min do primeiro tempo e 26min do segundo tempo

NÁUTICO: Felipe, Alessandro, Ronaldo Alves, Márcio Rosário e Lúcio (Breitner); Derley, Elicarlos, Martinez e Souza (Cleverson); Rhayner e Kim (Romero) Técnico: Alexandre Gallo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno (Wallace), Gum, Anderson e Carlinhos; Edinho, Jean, Wagner (Valencia) e Deco (Thiago Neves); Wellington Nem e Samuel Técnico: Abel Braga

Leia tudo sobre: fluminensenauticobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG