Presidente da equipe paulista acompanhou o time no duelo com o Cruzeiro e foi homenageado pelos jogadores

A vitória por 3 a 2 diante do Cruzeiro gerou uma comemoração especial ao São Paulo neste sábado. O elenco do time paulista considera que a participação enérgica do presidente Juvenal Juvêncio foi decisiva para a mudança de postura da equipe no compromisso válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro .

Juvenal Juvêncio conversa com Milton Cruz no CT do São Paulo em 2011
AE
Juvenal Juvêncio conversa com Milton Cruz no CT do São Paulo em 2011

Deixe sua mensagem e comente a notícia com outros torcedores

"Conseguimos dar a vitória ao presidente, depois das turbulências, das críticas, demos a volta por cima. Não ganhamos nada, mas a vitória vai servir muito lá na frente", disse o atacante Luis Fabiano, na saída do gramado.

Juvenal Juvêncio fez questão de comparecer ao estádio Independência com a delegação do time do Morumbi. Ainda por cima, comandou uma palestra aos jogadores e pediu mais alegria dentro de campo.

Leia mais:  "Alemães, italianos e mexicanos querem dirigir o São Paulo", diz Juvenal

"Quero agradecer o apoio do seu Juvenal, ele me chamou na presidência, falou que eu seria o treinador, que confiaria no meu trabalho. Ele ter vindo dar esse apoio é muito importante, sempre peço maior presença dele, por seu respeito. Essa vitória é para ele", reforçou o técnico interino Milton Cruz.

Juvenal Juvêncio definiu a vitória em Belo Horizonte como "maiúscula". No entanto, rejeitou citar os temas debatidos com o elenco antes de enfrentar o Cruzeiro, que vinha na liderança do Campeonato Brasileiro.

"Esse é o nosso segredo militar, uso duas ou três vezes por ano, o resultado é o que viram", comentou Juvenal Juvêncio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.