Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Paulinho pede intensidade para Corinthians fazer gol rápido em casa

Volante corintiano ficou satisfeito com o empate e pede marcação mais forte sobre os argentinos no Pacaembu

Gazeta |

AP
Paulinho iniciou a jogada do gol corintiano na Bombonera

Após participar do empate por 1 a 1 do Corinthians com o Boca Juniors pela primeira partida da final da Copa Libertadores, o volante Paulinho disse que o Corinthians não pode dar espaço para os argentinos quando atuar em casa.

FAVORÁVEL:  Dez das 15 finais iniciadas com empate tiveram o mandante campeão na volta

"São sem dúvidas duas grandes equipes, não podemos dar espaço para o Boca no Pacaembu. É difícil manter o mesmo ritmo por 90 minutos, mas temos que ser um pouco mais intensos e marcar a equipe do Boca para fazer o gol o mais rápido possível", analisou.

O Corinthians é favorito no Pacaembu? Deixe seu comentário!

Apesar de desejar uma vitória, o atleta ficou satisfeito com o resultado. "Claro, poderíamos ter saído com um resultado melhor, nós merecíamos. Mas o empate é bom e agora vamos decidir em casa", comentou o meio-campista.

Leia também:  Título da Libertadores pode render cerca de R$ 30 milhões ao Corinthians

Paulinho também comentou sobre a necessidade da equipe ser fria. "A ansiedade é natural. O Tite nos fala para ter essa tranqüilidade e essa maturidade. Temos jogadores experientes no elenco, que já foram campeões", ponderou.

Com o resultado, o Corinthians precisa vencer na quarta-feira, dia 4 de junho, às 21h50 (de Brasília), no Pacaembu, para conquistar o primeiro título de Libertadores de sua história. Um novo empate, por qualquer resultado, leva o jogo à prorrogação.

Leia tudo sobre: corinthiansboca juniorspaulinholibertadores 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG