Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Primeiro dia pós-Leão tem Ceni na linha, descontração e pedidos de "capricho"

Comandados pelo auxiliar Milton Cruz, jogadores do São Paulo treinaram em meio a risos

Francisco De Laurentiis - iG São Paulo | - Atualizada às

O primeiro dia após a queda do técnico Emerson Leão foi tranquilo no São Paulo. Apesar de o auxiliar MIlton Cruz ter dito que os jogadores estariam "chateados" com a saída do ex-treinador, o que se viu em campo nesta quarta-feira foram atletas descontraídos e brincando muito. O atacante Luis Fabiano era um dos mais alegres, provocando constantemente o lateral Cortez durante treino de cruzamentos.

Quem o São Paulo deveria contratar como treinador? Opine!

O trabalho no CT da Barra Funda ainda teve Rogério Ceni atuando na linha no início da prática, durante trabalho de ataque e defesa em campo reduzido. O goleiro mostrou bom preparo físico e muita disposição, distribuindo até carrinhos. Nos tempos de Leão, o camisa 1 - que ainda se recupera de cirurgia no ombro - não participava das atividades na linha.

VEJA MAIS: Mudanças já previstas por Leão podem afastar nomes como Casemiro

Francisco De Laurentiis
Rogério Ceni mostrou disposição e arriscou passes, chutes e desarmes na linha durante o treino

Comandante do São Paulo na próxima partida do Campeonato Brasileiro, contra o Cruzeiro, sábado, às 16h20 (horário de Brasília), Milton Cruz liderou os trabalhos nesta quarta, ao lado dos preparadores José Mario Campeiz e Sergio Rocha. O interino pediu maior "capricho" aos jogadores em diversos momentos, tanto aos que cruzavam bolas quanto aos que finalizavam.

E MAIS: Perto dos 63 anos, Leão diz que trabalha como técnico até 2014

Para o duelo contra os mineiros, inclusive, Cruz deve promover mudanças na equipe (principalmente após o presidente Juvenal Juvêncio dizer que "dois ou três atletas estão precisando ficar fora"). O "rachão" realizado no CT nesta quarta não deu pistas, mas atletas contestados, como o volante Casemiro, o meia Jadson, o lateral Cortez e o zagueiro Paulo Miranda podem ir para o banco de reservas.

Ajude o São Paulo a aumentar sua torcida virtual

Leia tudo sobre: São PauloRogério Ceni

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG