Cristóvão tem a volta de Juninho Pernambucano. Eder Luis sente dores no joelho mas não deve ser problema para sábado

O Vasco começou cedo os preparativos para o jogo de sábado, em São Januário, contra a Ponte Preta , pela sétima rodada do Brasileirão. Depois da perda da liderança para o Cruzeiro, na derrota de 3 a 1 no último fim de semana, o time quer aproveitar o fator campo para se redimir. E o técnico Cristóvão Borges já arregaçou as mangas.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Eder Luis concede entrevista em São Januário
Hilton Mattos
Eder Luis concede entrevista em São Januário

Na manhã desta terça-feira, o treinador comandou o primeiro treino tático da semana. Com 13 pontos, ao lado do Atlético-MG, e um atrás do Cruzeiro, o time cruzmaltino caiu para a terceira posição. Nada que uma vitória e o tropeço dos adversários não resolvam. Antes, porém, cabe aos jogadores fazerem a sua parte diante da Macaca.

Leia mais:  Rodolfo comemora boa fase no Vasco

Para isso, o treinador, agora com a recuperação de Juninho Pernambucano, terá a força máxima. Isso só não acontecerá se Eder Luis desfalcar a equipe. No treino realizado no Cefan, na Penha, Zona Norte do Rio, o atacante saiu no meio da atividade reclamando de dores no joelho e na coxa direita. Carlos Alberto entrou em seu lugar. Mas tudo leva a crer que seja apenas um susto.

Veja também: Provável novo uniforme do Vasco ganha as redes sociais

Felipe atuou mais uma vez na latera esquerda. Thiago Feltri sequer apareceu no treino. O jogador ficou em São Januário fazendo tratamento em razão de um desconforto no joelho direito. O Vasco treinou com Fernando Prass; Fágner, Dedé, Rodolfo e Felipe; Rômulo, Nilton, Juninho Pernambucano e Diego Souza; Eder Luis (Carlos Alberto) e Alecsandro.

As dores não devem tirar Eder do compromisso de sábado. O atacante, um dos responsabilizados pela torcida ao falhar no primeiro gol do Cruzeiro, sábado, reconheceu o erro, embora tenha alegado que a bola lançada por Prass chegou forte e ele não pôde dominá-la.

Passado o tropeço para a equipe mineira, o camisa 7 já fala em recuperar os pontos perdidos em casa após essa que foi a primeira derrota cruzmaltino na competição.

“Nada está perdido. Se a gente ganha da Ponte Preta e o adversário perder ponto, nós estamos de novo na liderança. É um campeonato muito equilibrado e vai ser assim até o fim. Não podemos é nos desestabilizar”, disse Eder Luis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.