Com a vitória de 5 a 1, o Atlético ficou na vice-liderança do Campeonato Brasileiro

Agência Estado

O torcedor atleticano não pode reclamar da primeira partida de Ronaldinho Gaúcho em Belo Horizonte. A festa estava armada na Arena Independência e o Atlético-MG não desperdiçou, goleando o Náutico por 5 a 1, neste sábado à noite, em jogo válido pela sexta rodada do Brasileirão.

Ronaldinho presenteou a torcida que compareceu em bom número ao estádio recém-inaugurado e, de pênalti, fez seu primeiro gol com a camisa alvinegro de número 49.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A vitória atleticana confirma o bom momento dos mineiros no Campeonato Brasileiro. O Cruzeiro é o líder, com 14 anos, e o Atlético-MG já aparece em segundo, com 13, empatado em pontos com o Vasco, mas à frente pelo saldo de gols. O Náutico caiu um lugar, para 11.º, com sete pontos.

O Atlético não demorou a presentear a torcida. Com dois minutos de jogo, Bernard recebeu na entrada da área, dominou com classe e tocou para Jô, que devolveu de calcanhar. O meia completou a tabela com um chute certeiro, para o fundo do gol pernambucano.

O Náutico não se assustou e, aos 11, acertou a primeira bola no travessão. No minuto seguinte, Martinez chutou de meia distância e Araújo mostrou oportunismo para desviar no meio do caminho, fazendo o quarto gol dele na competição.

O jogo ficou equilibrado até os 34 minutos, quando Jô tentou invadir a área pela esquerda, recebeu a marcação de Ronaldo Alves e se jogou. O árbitro não percebeu nem que o lance aconteceu fora da área, nem que não houve falta. Marcou pênalti mesmo assim e amarelou o zagueiro. Bom para Ronaldinho, que foi para cobrança e marcou seu primeiro gol pelo Atlético.

Ronaldinho vibra após marcar o primeiro gol pelo Atlético-MG
Futura Press
Ronaldinho vibra após marcar o primeiro gol pelo Atlético-MG

Depois, a sorte ajudou. No ataque seguinte, Danilinho chutou, a bola desviou em Márcio Rosário e entrou, enganando o goleiro Felipe. Era o terceiro gol dos donos da casa. A mesma sorte não teve Leonardo Silva, que cabeceou duas bolas no travessão, ambas após cobranças de escanteio de Ronaldinho.

A bola voltou a entrar aos 16 minutos da segunda etapa, e novamente no gol do Náutico. Ronaldinho Gaúcho iniciou a jogada, tocou para Jô e, deste, a bola foi até Danilinho, que fez o segundo dele na partida. Na parte final do jogo, Martinez também acertou uma bola na trave, a quarta no jogo. Mas quem voltaria a marcar seria o Atlético-MG, com Escudero, aos 47 minutos, após escanteio batido por Ronaldinho.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 5 X 1 NÁUTICO

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 23 de junho de 2012 (sábado)
Horário: 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Anderson Moraes Coelho (BA)
Cartões amarelos :(Atlético-MG) Serginho, Leandro Donizete, Leonardo Silva (Náutico) Ronaldo Alves, Rhayner

Gols:
Atlético-MG: Bernard, aos dois, Ronaldinho, aos 34 e Danilinho, aos 36 minutos do primeiro tempo; Danilinho, aos 16 e Escudero, aos 47 minutos do segundo tempo
Náutico: Araújo, aos 12 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-MG: Giovanni, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Rafael Marques e Junior César; Leandro Donizete, Richarlyson (Serginho), Danilinho e Ronaldinho; Bernard (Escudero) e Jô (André)
Técnico:  Cuca

NÁUTICO: Felipe; Alessandro (Kim), Ronaldo Alves, Márcio Rosário e Lúcio; Derley, Elicarlos, Martinez e Souza (Ramires); Rhayner e Araújo.
Técnico: Alexandre Gallo


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.