Jogador é destaque da Universidad do Chile, que chegou às semifinais da Copa Libertadores da América

Sonho de consumo do presidente do Cruzeiro , o armador argentino Lorenzetti, pode reforçar o time mineiro na sequência do Campeonato Brasileiro. O jogador defende atualmente a Universidad de Chile, e para contar com o atleta em Belo Horizonte, a equipe mineira fez uma proposta oficial de U$ 3,5 milhões, aproximadamente R$ 7 milhões.

Meio-campista da La U pode pintar na Toca da Raposa após o fim do torneio Apertura
AP
Meio-campista da La U pode pintar na Toca da Raposa após o fim do torneio Apertura

Deixe sua mensagem e comente a notícia com outros torcedores

O empresário Washington Castro, que representa Lorenzetti no Brasil, vê com bons olhos a proposta feita pelo Cruzeiro. Segundo ele, a oferta é boa para o time chileno e também para o jogador, que terá a oportunidade de defender as cores da equipe mineira.

"Falei com os dirigentes da Universidad de Chile sobre a proposta que o Cruzeiro fez. É uma oportunidade única para Gustavo (Lorenzetti) e também para a própria LaU", afirmou o empresário ao jornal chileno La Tercera . Ainda segundo Washington Castro, o time chileno estuda a proposta, que apesar de ser considerada boa, tiraria um dos melhores jogadores da equipe.

Se a oferta do Cruzeiro for aceita, Lorenzetti só deve vir para o Cruzeiro após o fim do torneio Apertura, competição disputada pela Universidad de Chile, sendo que a equipe ainda tem chances de títulos, precisando para isso, vencer o Colo Colo, neste final de semana. Caso o time chileno seja eliminado, as chances do negócio ser concretizado aumentam bastante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.