Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Contra mistão do Coritiba, Santos tenta esquecer eliminação

Muricy Ramalho espera ver o Santos superando rapidamente o fim do sonho do quarto título da Copa Libertadores

Gazeta |

Futura Press
Neymar é a principal arma do Santos

Eliminado pelo Corinthians nas semifinais da Copa Libertadores da América, o Santos tenta esquecer o revés na competição internacional e voltar as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. Por isso, os santistas buscam a sua primeira vitória no Nacional diante do Coritiba, neste domingo, a partir das 18h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro.

Para retomar a caminhada no Brasileirão, o técnico Muricy Ramalho espera que o Santos reaja bem e saiba superar rapidamente o fim do sonho do quarto título da Libertadores, mirando a conquista da Série A.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“É difícil falar sobre isso, porque ainda está todo mundo triste. Mas ninguém abatido. Até porque, nós saímos de cabeça erguida do torneio. Agora, uma eliminação sempre traz um pouco de sofrimento. Já passei por processos parecidos como esse e consegui ganhar títulos. Esperamos uma recuperação do grupo, que eu torço para que seja a mais rápida possível”, analisou Muricy.

Por isso, o treinador sabe que a sua equipe precisa pontuar logo, para não deixar os primeiros colocados se distanciarem ainda mais na tabela de classificação. Desta forma, Muricy Ramalho ignorou a possibilidade de um descanso as suas principais peças e não irá poupar nenhum titular, à exceção de Ganso, dispensado por conta do nascimento de sua filha. Elano é o seu provável substituto. Outra possível mudança é Léo no lugar de Juan na lateral esquerda.

Leia mais: Marin nega mal-estar com Luís Álvaro e defende Neymar de críticas

Atutando pela primeira vez neste campeonato em 2012, Neymar, inclusive, falou sobre a motivação santista para focar a disputa do Brasileirão. O camisa 11 alvinegro, que ainda não conquistou o título brasileiro durante a sua carreira, confia na reação da equipe no torneio.

“Espero que o nosso grupo não se abale (com a desclassificação). Temos que reagir o mais rápido possível. O Brasileiro é a nossa principal competição até o final do ano e temos que fazer o nosso melhor. Já contra o Coritiba, o Santos tem que voltar com tudo. Precisamos ganhar. Queremos brigar por mais esse título”, discursou o atacante.

Veja também: Filha de Ganso nasce e meia não deve enfrentar o Coritiba no domingo

Pelo Coxa, não é segredo para ninguém que o foco está na final da Copa do Brasil, diante do Palmeiras. Com isso, mais uma vez o técnico Marcelo Oliveira vai optar por uma equipe mista em campo. Se repetir o que fez na vitória diante do Atlético-GO, apenas o goleiro Vanderlei permanece no time titular. Já Rafinha e Pereira, que atuaram contra o São Paulo no meio de semana, devem ser sacados.

Com essas modificações, Demerson, que perdeu a posição na defesa titular, fará dupla com Luccas Claro. O lateral Eltinho, lesionado, fica de fora e França surge como principal alternativa no setor. Rafinha, que na última semana jogou para pegar ritmo e entrar forte na semifinal do caminho mais curto para a Libertadores, será poupado. Anderson Aquino e Rafael Silva disputam seu lugar.

Confira ainda: Final da Copa do Brasil terá o jogo de ida em SP e volta em Curitiba

Em virtude de tantas alterações, o comandante coxa-branca destacou a importância de ter um grupo com peças de reposição para essa maratona. Além disso, a união e o respeito dentro do grupo deixam Oliveira satisfeito. “Estou honrado de ter os jogadores que temos. Não tivemos, em um ano e seis meses, nenhuma indisciplina. Nunca tive que afastar jogadores. Isso é fruto de um bom ambiente e jogadores comprometidos”, avaliou.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X CORITIBA

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 24 de junho de 2012, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa-RJ)
Assistentes: Ediney Guerreiro Mascarenhas e Marco Santos Pessanha (Ambos do RJ)

SANTOS: Rafael; Henrique, Edu Dracena, Durval e Léo (Juan); Adriano, Arouca e Elano; Alan Kardec, Borges e Neymar
Técnico: Muricy Ramalho

CORITIBA: Vanderlei; Jonas, Demerson, Luccas Claro e França; Junior Urso, Chico, Tcheco e Lincoln (Rafael Silva); Anderson Aquino e Marcel
Técnico: Marcelo Oliveira

Leia tudo sobre: SantosCoritibaBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG