Para meia Renato, não é hora de o Botafogo baixar a guarda e Corinthians pode pagar o pato

Ter personalidade. Esta foi a tônica dos jogadores após a derrota de 2 a 1 para a Ponte Preta na noite deste domingo, no Engenhão, pela sexta rodada do Brasileirão . Depois de vencer o Internacional em pleno Beira-Rio, o time alvinegro sucumbiu à retranca da equipe de Campinas. O atacante Andrezinho saiu de campo lamentando a desatenção alvinegra.

Veja também: Botafogo tropeça diante da Ponte e chega à 3ª derrota no Brasileirão

“Mais uma vez sofremos gol de contra-ataque. Agora é ter personalidade e encarar o que vem pela frente. Nossa equipe não está morte e estamos na briga”, disse o camisa 10 de General Severiano, autor do gol do time de Oswaldo de Oliveira, de pênalti.

Confira a classificação do Brasileirão 2012

Falando em esquecer o tropeço deste desta rodada, o experiente volante Renato avisa que o Corinthians pode pagar o pato.

“Nós sabíamos que eles vinham pra jogar no contra-ataque e não demos conta de reagir. Era difícil, mas não podemos lamentar. Mérito deles. Agora é encarar o próximo adversário e vencer”, disse Renato.

Ponte-pretanos comemoram no Engenhão
Futura Press
Ponte-pretanos comemoram no Engenhão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.