Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sumido contra o Palmeiras, Kleber é chamado de "Judas" e reclama de árbitro

Atacante pouco fez para evitar a eliminação do Grêmio na semifinal da Copa do Brasil

Francisco De Laurentiis - iG São Paulo |

Futura Press
Kleber foi chamado de "Judas" pelos palmeirenses

Na noite de quinta-feira, o atacante Kleber reencontrou a torcida do Palmeiras, agora como jogador gremista, e praticamente não pegou na bola no empate em 1 a 1 na Arena Barueri, pela semifinal da Copa do Brasil. Durante toda a partida, foi chamado de "Judas" pela torcida alviverde, em referência ao homem que, na Bíblia, entregou Jesus Cristo para a crucificação em troca de 30 moedas de prata. Depois do jogo, com o Grêmio eliminado, o atacante preferiu deixar de lado qualquer polêmica com os torcedores e reclamou da atuação do árbitro Ricardo Marques Ribeiro.

Kleber some nos momentos decisivos? Deixe seu comentário!

"O árbitro nos atrapalhou. Ficou marcando faltas seguidas e amarrando o jogo. Aí não dá para jogar. Foi a mesma coisa que fizeram no jogo do Corinthians contra o Santos ontem (quarta-feira, pela semifinal da Copa Libertadores). Mas a gente lutou e tentamos os gols o tempo inteiro para classificar", disse o jogador, que só teve uma chance de marcar, no fim do primeiro tempo. Foi desarmado por Thiago Heleno e, depois, não voltou a aparecer. Tudo para a alegria dos torcedores palmeirenses, que vaiaram e provocaram o camisa 30 durante todo o duelo.

LEIA: Grêmio diz que perdeu vaga em casa e promete força no Brasileirão

Desolado pela desclassificação do Grêmio, o atacante - maior contratação da equipe de Porto Alegre para a temporada - prometeu esquecer a competição mata-mata para tentar o título do Campeonato Brasileiro. O "Gladiador" assegura aos tricolores que a equipe vai conquistar, pelo menos, uma vaga na próxima Copa Libertadores.

"A gente queria jogar bem, buscar estes gols que precisávamos (o Grêmio dependia de um triunfo por três gols de diferença para passar). Agora, no Brasileirão, vamos buscar uma vaga para a Libertadores. O torcedor pode ficar tranquilo, vamos melhorar e vamos estar na Libertadores em 2013", prometeu Kleber, que também fugiu das confusões durante a partida e não esteve no meio da briga que culminou com as expulsões de Rondinelly e Edílson.

Quem mereceu ir para a final da Copa do Brasil? Discuta na torcida virtual

Leia tudo sobre: PalmeirasGrêmioCopa do Brasil 2012Kleber

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG