Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Com Boca pela frente, Tite revê seus rivais prediletos: os argentinos

Retrospecto pessoal do treinador em mata-matas contra “Hermanos” é positivo

Bruno Winckler , iG São Paulo |

Getty Images
Tite gosta de lembrar de bom retrospecto contra argentinos

Tite não teme a Bombonera. O Boca Juniors e outros quadros argentinos, inclusive, só evocam boas lembranças parao o treinador. Os times de Tite nunca foram eliminados por equipes da Argentina em confrontos mata-mata de Libertadores ou Copa Sul-Americana. E durante a campanha do Corinthians nesta Libertadores o treinador fez questão de ressaltar seu pé-quente contra os hermanos. É hora de testá-lo contra o Boca.

Boca empata com "La U" no Chile e é o rival corintiano na final

Antes da definição do adversário corintiano nas quartas de final – que saiu do confronto entre Vasco e Lanús – o treinador brincou que preferia um argentino. “Eu brinco com o Cléber (Xavier, seu auxiliar há 10 anos) contra argentinos a gente deita”, disse Tite. “Podia vir um argentino”, disse o treinador.

Primeira final de Libertadores contra o mais temido dos rivais anima Corinthians

A primeira vez que Tite se viu frente a frente com uma equipe Argentina na Libertadores foi em 2002. No comando do Grêmio, Tite comandou duas vitórias contra o River Plate (2 a 1 e 4 a 0) e avançou. A equipe só caiu nas semifinais para o Olímpia, nos pênaltis.

As outras boas lembranças de Tite contra argentinos vêm de 2008. Naquele ano, no Internacional, Tite eliminou dois times do país vizinho antes de ser campeão do torneio. Nas quartas de final foram duas vitórias contra o Boca: 2 a 0 em Porto Alegre e 2 a 1 na Bombonera. Na final, contra o Estudiantes, vitória em La Plata (1 a 0) e empate no Beira-Rio (1 a 1). O meia Alex participou da campanha.

Depois da classificação corintiana para a final da Libertadores e com a possibilidade de novamente visitar a Argentina, Tite preferiu não polemizar. “Falei brincando. É só uma questão de retrospecto, mesmo. Será um grande jogo e temos de entrar bastante concentrados”, disse Tite no Pacaembu após a partida contra o Santos.

Histórico de Tite diante de argentinos :

22/07/2001 - River Plate 2 x 4 Grêmio - Mercosul
13/09/2001 - Grêmio 1 x 0 River Plate - Mercosul
25/10/2001 - Grêmio 0 x 0 Talleres - Mercosul
01/11/2001 - Talleres 0 x 2 Grêmio - Mercosul
24/04/2002 - River Plate 1 x 2 Grêmio - Libertadores
02/05/2002 - Grêmio 4 x 0 River Plate - Libertadores
22/10/2008 - Internacional 2 x 0 Boca Juniors - Sul-americana
06/11/2008 - Boca Juniors 1 x 2 Internacional - Sul-americana
26/11/2008 - Estudiantes 0 x 1 Internacional - Sul-americana
03/12/2008 - Internacional 1 x 1 Estudiantes - Sul-americana

Leia tudo sobre: corinthiansboca juniorslibertadores 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG