Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Chileno e colombiano apitam finais entre Corinthians e Boca na Libertadores

Conmebol definiu nesta sexta-feira os dois árbitros das decisões: Enrique Osses e Wilmar Roldán

Bruno Winckler , iG São Paulo | - Atualizada às

Mowa Press
Roldán já apitou partida entre Brasil e Argentina no sul-americano sub 20

A Conmebol definiu nesta sexta-feira os dois árbitros das partidas entre Corinthians e Boca Juniors válidos pela final da Libertadores . O chileno Enrique Osses apita a partida de ida, dia 27, em Buenos Aires e o colombiano Wilmar Roldán será o responsável pelo jogo de volta no dia 4 de julho em São Paulo.

Leia também: Equipes brasileiras têm saldo negativo com Roldán no apito

Osses, de 36 anos, já atuou em oito partidas desta edição da Libertadores e tem ganhado espaço nas últimas temporadas entre os árbitros sul-americano. Neste ano, ele comandou uma partida do Corinthians e uma do Boca Juniors.

Candidato ao título argentino, Boca poupará titulares de olho na Libertadores

Ele apitou a vitória corintiana por 2 a 0 contra o Nacional (PAR) no Pacaembu ainda pela fase de grupos e também atuou no empate por 1 a 1 do Boca contra o Fluminense pelas quartas de final. No seu histórico também está a partida de ida entre Corinthians e Tolima pela Libertadores de 2011. Houve empate por 0 a 0 no Pacaembu.

Com Paulo André e Liedson, Corinthians prepara time B mais experiente para dérbi

Já Roldán, de 32 anos, esteve em nove partidas desta edição da Libertadores. Como Osses, ele também apitou uma partida do Corinthians neste ano. Ele esteve na estreia corintiana, contra o Deportivo Táchira, na Venezuela - empate por 1 a 1. Foram ainda dois jogos do Boca. A primeira, nas oitavas de final, na partida de volta contra o Unión Española, no Chile, vencida pelo Boca por 3 a 2. Ele tammbém esteve no jogo de ida das semifinais contra o Universidad de Chile, em Buenos Aires, vencida pelos donos da casa por 2 a 0.

Leia tudo sobre: corinthiansboca juniorslibertadores 2012arbitragem

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG