Tamanho do texto

Chileno sofreu sequestro relâmpago e quase deixou o alviverde, mas agora vai tentar título

Valdivia por pouco não deixou o Palmeiras nos últimos dias. Após ser vítima de um sequestro relâmpago em São Paulo , o chileno quase chegou a dar adeus ao país. Quis o destino, no entanto, que ele colocasse o time alviverde na final da Copa do Brasil nesta quinta-feira. Após ver o Grêmio abrir o placar na Arena Barueri, com o volante Fernando , o chileno marcou o gol de empate e decretou o empate por 1 a 1 , dando ao clube do Palestra Itália a chance de conquistar a competição mata-mata 14 anos depois de seu único título, em 1998. Após a partida, o camisa 10 se emocionou e dedicou o gol aos seus familiares.

Valdivia foi o herói do Palmeiras nesta quinta
Gazeta Press
Valdivia foi o herói do Palmeiras nesta quinta

O Palmeiras será campeão da Copa do Brasil? Deixe sua opinião!

"Depois de tudo que aconteceu, essa é uma prova de quem alguém lá em cima (Deus) gosta muito de mim. Hoje, está demonstrado que a perseverança sempre é recompensada. Gostaria de agradecer a todos os meus companheiros. Mas peço descupas e vou embora rápido, senão vou me emocionar demais", disse Valdivia, já com lágrimas nos olhos. "Dedico essa vitória à minha família", completou o chileno, que passou pelo sequestro ao lado de sua mulher, a modelo Daniela Aránguiz - que foi inclusive abusada pelo bandido durante o crime .

O JOGO:  Valdivia decide, Palmeiras elimina o Grêmio e vai à final da Copa do Brasil

Assediado pelos repórteres após decidir o duelo, Valdivia pediu para cutir o momento ao lado dos colegas e dar mais entrevistas nesta sexta-feira: "Vou comemorar lá dentro (nos vestiários) e depois a gente conversa mais", encerrou o chileno, que, após fazer suspense sobre ficar ou deixar o Palmeiras, assegurou que ficaria até o fim da participação palmeirense na Copa do Brasil. No duelo desta quinta, além de fazer o gol, ele ainda chutou uma bola na trave em cobrança de falta e irritou os gremistas com embaixadinhas e lances de efeito. Tudo isso após sair do banco e entrar na vaga de Daniel Carvalho apenas no segundo tempo.

Mais tarde, nos vestiários, Valdivia lamentou o fato de não ter a família ao lado para comemorar a vaga na final: "Esquecer (o sequestro) ainda não dá. Isso vai demorar um pouco. Mas dá pra acreditar ainda mais em Deus. Nada na vida é por acaso. Tenho que agradecer meus companehiros, o Felipão, a diretoria, pessoal da segurança do Palmeiras... Estou muito feliz, gostaria que a minha família estivesse aqui comigo, meus filhos... Mas agora só quero descansar", disse.

RELEMBRE EM FOTOS O CAMINHO DO PALMEIRAS ATÉ A FINAL DA COPA DO BRASIL

O adversário do Palmeiras na grande final da Copa do Brasil (inicialmente marcada para os dias 4 e 11 de julho, com mandos a serem definidos em sorteio ) será o Coritiba . A equipe da capital paranaense se classificou após vencer o São Paulo por 2 a 0 no estádio Couto Pereira , na noite da última quarta-feira. Quem triunfar nos duelos entre alviverdes garante vaga na Copa Libertadores 2013. Valdivia, inclusive, terá a chance de conquistar seu segundo título pelo clube do Palestra Itália, já que foi campeão paulista em 2008.

Ajude o Palmeiras a aumentar sua torcida virtual