Chateado, Paulo Henrique Ganso lamenta queda na Libertadores: “Queria ter ajudado mais"

Neymar e Danilo fizeram os gols do jogo
Gazeta Press
Neymar e Danilo fizeram os gols do jogo

A eliminação para o Corinthians , na noite desta quarta-feira, no Pacaembu, deixou os jogadores do Santos abatidos. Triste com o empate, que tirou a sua equipe da competição, o atacante Neymar lamentou o resultado final da partida, mas acredita que os santistas tiveram uma grande atuação, mesmo jogando fora de casa.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Foi uma partida muito difícil. Nós tentamos, buscamos e fizemos um gol. Enfim, nos dedicamos da melhor maneira possível. Acontece, só pode passar um. E parabéns ao Corinthians. Boa sorte na final”,destacou a Joia, que viu o time da Vila Belmiro superior durante os 90 minutos, no Pacaembu.

Leia mais:  Após eliminação, Muricy diz que Corinthians deve ganhar a Libertadores

“Não acho que o Corinthians jogou melhor do que a gente. A classificação deles foi justa, tiveram méritos. A gente tentou, vocês todos viram. Nós atacamos o tempo todo. Só que o Corinthians se posicionou bem, marcou bastante e conseguiu a classificação”, analisou.

Com o Santos fora da decisão da Copa Libertadores da América, agora as atenções serão direcionados para o Campeonato Brasileiro. Neymar espera que o elenco supere essa eliminação rapidamente e entre na disputa pelo título do Brasileirão.

Veja também:  Após polêmicas, Marin, Gobbi e Laor se bajulam no Pacaembu

“Espero que o Santos não se abale com a desclassificação. Temos que reagir. É a nossa principal competição até o final do ano e temos que fazer o nosso melhor, para o Santos voltar com tudo e brigar por esse título”, concluiu.

Ganso:
Divulgação
Ganso: "Não estava nas condições ideais"

Chateado, Ganso lamenta eliminação
Chateado com a queda nas semifinais da Libertadores, o meia Paulo Henrique Ganso foi mais um dos jogadores do Santos a lamentar o empate na noite desta quarta-feira, no Pacaembu, insuficiente para a classificação de sua equipe. Após acelerar a recuperação de uma artroscopia no joelho direito especialmente para as semis, o camisa 10 admitiu que não estava em suas condições físicas ideais e, por isso, gostaria de ter apresentado um melhor futebol.

“Eu queria ter ajudado muito mais, jogado melhor do que fiz. Eu não estava 100%, mas é claro que isso não é desculpa. Dediquei-me ao máximo. Infelizmente, não deu”, disse.

Para o meia, o Corinthians teve méritos para chegar à final, mas crê que, se o time praiano tivesse se classificado, o resultado não seria injusto. “Lógico que poderia (ter acontecido classificação do Santos). Agora, o Corinthians marcou bem e conseguiu a classificação. Nós jogamos bem, tivemos paciência para encontrar os espaços e eles tiveram problemas com a bola nos pés. Mas eles marcaram um gol e, depois, se fecharam completamente”, comentou.

Na visão de Ganso, faltou ao clube da Baixada arriscar mais no gol do rival. “O Santos estava muito bem, tocava a bola e o Corinthians só esperando. No segundo tempo faltou um pouco dessa paciência, para encontrar o melhor espaço para finalizar. Mas acontece. Uma desclassificação como essa dói muito. Vamos seguir em frente e procurar melhorar”, encerrou.

Mostre seu apoio ao Santos na Torcida Virtual do iG Esporte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.