Tamanho do texto

Com dores musculares, atacante pode não enfrentar Atlético-GO

Fred não participou do terceiro treino consecutivo do Fluminense
Photocamera
Fred não participou do terceiro treino consecutivo do Fluminense

Sentindo fortes dores musculares na região dos quadris e também nas duas coxas, o atacante Fred mais uma vez não participou do treino do Fluminense , comandado pelo técnico Abel Braga na manhã desta quinta-feira, e passa a ser dúvida para a partida do próximo domingo, às 18h30(de Brasília), diante do Atlético-GO no Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro . O jogador ficou de fora das atividades pelo terceiro dia consecutivo e se submeteu a exames mais detalhados.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Nesta sexta-feira o elenco do Fluminense vai se reapresentar para a realização de um trabalho tático nas Laranjeiras. A atividade está sendo considerada decisiva para definir a escalação ou não do artilheiro. Até porque, é esperado para esta manhã de sexta-feira o resultado dos exames realizados pelo jogador, que pode apontar ou não a existência de uma lesão.

Leia mais: Após proposta do Fla, presidente do Fluminense revela prioridade por Conca

Fred ficou no departamento médico nesta quinta-feira e depois realizou trabalho de fisioterapia. O estado do jogador causa preocupação, pois sintomas parecidos com estes o tiraram recentemente de uma série de quatro jogos do time, incluindo a segunda partida da final do Campeonato Carioca, contra o Botafogo , e os dois duelos diante do Boca Juniors pelas quartas de final da Copa Libertadores .

Ciente de que a preocupação com Fred é grande, o técnico Abel Braga já começa a procurar soluções pensando no jogo de domingo. Nesta quinta-feira o treinador comandou um coletivo e colocou Samuel no ataque, ao lado de Wellington Nem, para sim mudar muito pouco as características do setor. Porém, a medida não deu certo, com os titulares sendo dominados pelos reservas. Então o treinador sacou Samuel e deu uma oportunidade e Marcos Júnior, o que surtiu efeito desejado, mas não impediu que a equipe principal fosse derrotada por 2 a 1. O próprio Marcos Júnior marcou o primeiro gol dos reservas, que ampliaram com o meia argentino Lanzini. No fim da atividade os titulares descontaram com o zagueiro Gum.

Veja também: Cavalieri pede Flu alerta contra Atlético-GO e Náutico

As principais novidades no time titular estavam nas laterais. Pelo lado direito Bruno parece que vai ganhar mais uma oportunidade do treinador, embora tenha ficado de fora da goleada de 4 a 1 aplicada sobre a Portuguesa, quando cedeu o posto a Wallace. De fora das duas últimas partidas por conta de dores musculares na coxa esquerda, o lateral esquerdo Carlinhos reaparece na vaga de Carleto.

Nesta sexta-feira os titulares treinaram com: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Anderson e Carlinhos; Edinho, Jean, Deco e Wagner; Wellington Nem e Samuel (Marcos Junior). Porém a definição da equipe deverá ficar mesmo para o treino previsto para esta sexta-feira. Já no sábado pela manhã, ainda nas Laranjeiras, acontece um recreativo, que vai anteceder à viagem para a capital goiana.

E ainda: Fluminense negocia com clube árabe para manter Rafael Sobis no elenco

Enquanto a maioria dos jogadores do Fluminense lutava por um lugar ao sol no time, outros atletas tentam retornar a essa disputa o mais rapidamente possível. Caso, por exemplo, do atacante Rafael Sobis, que nesta quinta-feira deu voltas ao redor do gramado. O jogador lutapara se recuperar de um estiramento grau 2 na coxa direita e ainda não tem previsão de volta aos gramados. Como seu contrato chega ao fim em 30 de junho, caso uma renovação não aconteça, ele poderá não vestir mais a camisa do Flu.

Quem foi ao gramado pela primeira vez após se recuperar de artroscopia realizada no joelho esquerdo foi o meia Thiago Neves, que trabalhou sob os cuidados do preparador Cristiano Nunes. A tendência é que ele seja liberado para ser relacionado no jogo contra o Náutico, em 10 de julho. Podendo retornar antes, o atacante Rafael Moura, que vem sofrendo com tendinite nos dois joelhos, já foi entregue à preparação física.

Já o volante Diguinho continua entregue ao setor de fisioterapia e ainda não tem previsão de volta. O jogador vem lutando contra um edema no tornozelo direito e tem se submetido a exames constantemente.