Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Cássio não escolhe adversário, mas prevê Corinthians e Boca na final

Goleiro reconhece que time argentino leva vantagem por ter vencido primeiro jogo, mas desconversa sobre desafio de jogar em La Bombonera

iG São Paulo |

Classificado para a decisão da Libertadores pela primeira vez, o Corinthians descobrirá seu adversário na noite desta quinta, quando Boca Juniors e Universidad de Chile jogam pela classificação. Um dos destaques da campanha corintiana na competição, o goleiro Cássio diz não ter preferência por adversário na final, mas admite que os argentinos estão mais próximos da vaga.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Cássio: goleiro é um dos destaques da campanha corintiana na Libertadores


“Não temos que escolher. Temos que enfrentar quem for. Acho que o Boca vai passar porque tem uma boa vantagem”, disse Cássio, em entrevista à rádio Estadão/ESPN.

Vote na enquete: Boca ou 'La U', qual time o Corinthians deve pegar na decisão?

Detentor de seis títulos da Libertadores, o Boca Juniors venceu a partida de ida por 2 a 0, em casa, e pode até perder nesta quinta para ir à final. Sobre o desafio de jogar contra a fanática torcida argentina em La Bombonera, Cássio desconversou.

Veja ainda: Corinthians contrapõe história e chega à final da Libertadores sem astros

“Nunca fui lá, não conheço o estádio, mas deve ter uma pressão muito grande", afirmou o goleiro. "Ainda mais em uma final de Libertadores. Deve ser como o estádio do Emelec, ou a própria Vila, estádio pequeno, caldeirão. Mas nosso time está preparado para enfrentar qualquer outro”, completou.

Cássio iniciou o ano como terceiro goleiro do Corinthians, mas entrou e tomou conta da posição. Em dez jogos como titular da equipe, sofreu apenas quatro gols. Independentemente do adversário que for encarar na final da Libertadores, ele traz um segredo dos tempos em que jogou na Europa para se tornar campeão.

E mais: Boca pode ficar sem La Bombonera caso vá à final da Copa Libertadores

“O importante é se preparar bem, estar concentrado, focado no jogo e naquilo que tenho que fazer. Foi uma coisa que aprendi muito com os europeus, mesmo sem ter tido muitas oportunidades de jogar, que é focar totalmente na partida”, declarou.

Boca Juniors e Universidad de Chile decidem nesta quinta, às 21h15 (de Brasília), em Santiago, Chile, a vaga restante na final da Libertadores. Contra qualquer um dos adversários, o Corinthians terá vantagem de decidir em casa por ter feito melhor campanha na primeira fase.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: corinthanscássiolibertadores 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG