Tradição e força do time argentino ou futebol insinuante do bom time chileno? Rivais jogam nesta quinta à noite

Lorenzetti, destaque da Universidad de Chile
EFE
Lorenzetti, destaque da Universidad de Chile

Classificado pela primeira vez para uma decisão de Libertadores após o empate por 1 a 1 com o Santos , o Corinthians conhecerá na noite desta quinta-feira seu adversário da decisão.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

O Boca Juniors , da Argentina, encara a Universidad de Chile a partir das 21h15 (horário de Brasília), no estádio Nacional, em Santiago. O time argentino conta com larga vantagem, já que venceu o primeiro jogo por 2 a 0, em Buenos Aires.

Leia ainda: Com Bombonera lotada, Boca abre boa vantagem sobre 'La U'

Para se classificar, a Universidad de Chile precisa vencer por três gols de diferença. Se devolver o 2 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Mesmo assim, os torcedores do time chileno - atual campeão da Copa Sul-Americana - mantêm a confiança, já que o time vem mostrando muita força nos jogos em casa.

Já o Boca, além da boa vantagem no placar agregado, conta com sua enorme tradição em Libertadores. O time tem nada menos do que seis conquistas da competição e sabe como nenhum outro como explorar o nervosismo do adversário.

Aos corintianos, resta saber se vale mais desafiar a enorme tradição do Boca ou o futebol plástico e muitas vezes envolvente da 'La U'.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.