Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Corinthians fecha novo patrocínio pontual para jogo contra o Santos

Loja de móveis Marabraz estampará marca nas mangas do uniforme corintiano no Pacaembu

Bruno Winckler , iG São Paulo |

Divulgação
O logotipo da loja de móveis Marabraz ocupa as mangas da camisa corintiana

Sem conseguir encontrar um patrocinador fixo para seu uniforme, o Corinthians anunciou nesta terça-feira mais um parceiro pontual, como fizera nos últimos jogos da Libertadores. A loja de móveis Marabraz estampará sua marca nas mangas dos uniformes dos jogadores que enfrentam o Santos no segundo jogo da semifinal da Libertadores. Valores não foram divulgados.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Há uma semana, o Corinthians fechou parceira com a montadora de caminhões Iveco, que pagou R$ 1,6 milhão para ter sua marca no peito e nas costas da camisa nos dois jogos contra o Santos.

Leia mais: Corinthians faz alerta contra ingresso falso para a semi. Veja como diferenciar

O Corinthians teve seu vínculo com a Hypermarcas encerrado em maio e não conseguiu mais um patrocinador fixo. A empresa pagava R$ 38 milhões por ano ao clube para ter seus produtos estampados no peito, nos ombros, nas mangas e nas axilas das camisas. A intenção da diretoria é conseguir contrato de R$ 30 milhões por ano por peito e costas.

Veja também: Em baixa no Brasileiro, Corinthians e Santos tentam salvar temporada

A Fisk já tem um contrato vigente com o Corinthians e paga 10 milhões anuais ao clube pelo espaço na barra da camisa do uniforme. Somados todos os patrocínios, a ideia dos diretores de marketing do Corinthians é somar R$ 52 milhões em patrocínio fixo. Enquanto isso não é possível, os patrocínios pontuais são vistos como opção de manter o fluxo de receitas.

E ainda: Contra o Corinthians, Neymar precisa superar “inferno astral”

“Os patrocínios pontuais são sempre bem vindos quando não atrapalham a negociação de um patrocinador permanente. Estas oportunidades são vendidas em valores mais altos do que o patrocínio a longo prazo”, comenta Caio Campos, gerente de marketing do Corinthians.

Leia tudo sobre: corinthianssantoscopa libertadores 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG