Cambistas enganam centenas de torcedores com bilhetes muito semelhantes aos reais

O Corinthians já anunciou há dias que os ingressos para o duelo contra o Santos , pela volta da semifinal da Libertadores , estão esgotados. Muitos torcedores, porém, vão se arriscar na mão dos cambistas para terem a chance de estar dentro do Pacaembu no duelo histórico, marcado para esta quarta-feira, às 21h50 (horário de Brasília). Para não cair no conto do ingresso falso, veja como diferenciar o bilhete verdadeiro da cópia :

INGRESSO VERDADEIRO

Ingresso verdadeiro para os jogos do Corinthians. Somente este bilhete libera a catraca na entrada
iG São Paulo
Ingresso verdadeiro para os jogos do Corinthians. Somente este bilhete libera a catraca na entrada


Características:

1) Papel brilhante, liso e grosso. Difícil de dobrar e amassar
2) Símbolo do Corinthians no padrão de design correto estipulado pelo clube
3) Código no canto inferior esquerdo em fonte pontilhada
4) Logo da empresa "OMNI" em fonte arredondada, com destaque em relação à cor do fundo
5)  Nenhuma ranhura próxima ao símbolo da "Copa Santander Libertadores"
6) Alguns milímetros maior que o ingresso falso, principalmente nos cortes laterais

INGRESSO FALSO

Ingresso falso vendido nos jogos do Corinthians. Apesar de parecido com o real, é possível diferenciar
iG São Paulo
Ingresso falso vendido nos jogos do Corinthians. Apesar de parecido com o real, é possível diferenciar

Características:

1) Papel opaco, grudento e sem brilho. Mais maleável do que o ingresso verdadeiro
2) Símbolo do Corinthians "apertado" na horizontal e mal desenhado
3) Código no canto inferior esquerdo em fonte normal, sem ser pontilhada
4) Logo da empresa "OMNI" em fonte quadrada, com aspecto embaçado
5) Ranhuras próximas ao símbolo da "Copa Santander Libertadores"
6) Alguns milímetros menor que o ingresso original, principalmente nos cortes laterais 

Vale lembrar que o cambismo é considerado crime segundo a lei 1521/51, que dispõe sobre delitos e contravenções contra a economia popular. Em seu artigo 2, inciso IX, é estabelecida pena de detenção de seis meses até dois anos. Torcedores que tiverem comprado ingresso falso não poderão entrar no estádio. Também é proibido tentar tentar revender bilhetes adquiridos através do programa "Fiel Torcedor".

Quem avança à final: Corinthians ou Santos? Entre na torcida virtual e comente

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.