Usuário tem conta bloqueada após dizer que jogador não é alemão e criticar seu nome, de origem muçulmana

EFE

Özil, meia da seleção da Alemanha
Getty Images
Özil, meia da seleção da Alemanha

O jogador Mesut Özil , do Real Madrid e da seleção da Alemanha , interpôs uma denúncia por ataques racistas contra um usuário do Twitter que o acusou de não ser alemão, informou nesta terça-feira o diário "Bild".

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O advogado do meia, Sascha Beumer, decidiu empreender ações legais depois que um desconhecido, através da conta "@PiratenOnline", assegurou durante a partida entre Alemanha e Dinamarca que o jogador não é alemão e criticou seu nome, de origem muçulmana.

Veja também:  Guardiola pode assinar com Bayern em 2013, diz jornal alemão

"Com segurança, Özil não é alemão! Um papel não muda as origens", assegurou o desconhecido em sua primeira intervenção na rede social, e depois acrescentou que na seleção nacional não deveria jogar ninguém com um nome que não "soasse" alemão. Pouco depois, por causa dos protestos dentro e fora da internet, o Twitter decidiu bloquear o perfil.

Leia mais sobre o futebol na Alemanha no Blog do Alemão

Mustafa Özil, pai e representante do jogador do Real Madrid, disse ao diário "Bild" que se mostrou partidário da denúncia para "emitir a mensagem de que algo assim não deve acontecer nunca mais".

Presente nas três partidas que a Alemanha disputou na Eurocopa até o momento Özil, nasceu na cidade de Gelsenkirchen, localizada no oeste da Alemanha, embora seus pais procedam da Turquia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.