Jogadores do clube do Parque São Jorge intensificaram cobranças, mas esperam resolver jogo contra o Santos no tempo normal

Cássio está preparado para ajudar o Corinthians se o jogo for decidido nos pênaltis
AP
Cássio está preparado para ajudar o Corinthians se o jogo for decidido nos pênaltis

O final do último treino do Corinthians antes da partida decisiva contra o Santos pelas semifinais da Libertadores teve como de costume em torneios mata-mata uma maior preocupação com as cobranças de pênalti. Uma vitória do Santos por 1 a 0 no Pacaembu leva a decisão para os pênaltis.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Oito titulares treinaram pênaltis. Os melhores foram Alex e Chicão, que acertaram cinco de cinco tentativas. Castán, Danilo e Paulinho também tiveram 100% de aproveitamento, mas chutaram três vezes. Alessandro foi o pior. De quatro cobranças, acertou apenas uma. Ralf marcou dois de três chutes e Willian, de cinco chutes, acertou três.

Veja também: Com visita de Cristian, treino do Corinthians tem Chicão no rachão

Fábio Santos, um dos batedores da equipe, não treinou pênaltis nesta terça-feira, mas o fez no domingo. “Estamos treinando toda semana desde o Paulistão (antes da partida contra a Ponte Preta pelas quartas-de-final) e estamos preparados para tudo. Esperamos resolver o jogo antes, classificando no tempo normal, mas estamos prontos de precisar”, comentou o lateral.

Os treinos de cobranças de pênalti são intensos no Corinthians desde a partida contra o Emelec, pelas oitavas de final da Libertadores. Foram também exaustivamente treinados antes da partida da volta contra Vasco. Os dois jogos iriam para os pênaltis se o jogo no Pacaembu tivesse terminado em 0 a 0.

Leia mais:  Palco de títulos e fonte de renda, Pacaembu assombra rivais do Corinthians

“Quando se está disputando um campeonato de mata-mata, a atenção com os pênaltis deve existir sempre. A gente torce para que não precise, mas é normal treinar porque num jogo de futebol tudo pode acontecer”, disse Paulinho.

Na única vez que disputou uma semifinal de Libertadores, o Corinthians foi eliminado nos pênaltis. Há 12 anos, contra o Palmeiras, a equipe deixou a classificação para a final escapar nas cobranças de pênalti.

Entre para a torcida virtual do seu time e o ajude na briga pelo topo do ranking

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.