Tamanho do texto

Equipe mineira perdeu do São Caetano na última rodada e viu o Criciúma assumir a ponta da Série B do Campeonato Brasileiro

Depois de perder a liderança e a invencibilidade na Série B do Brasileiro, o América-MG vai buscar a reabilitação na competição nacional nesta terça-feira, às 21 horas (de Brasília), no estádio Independência, contra o Bragantino . O time mineiro vem de derrota fora de casa para o Avaí por 2 a 0, e quer voltar ao caminho das vitórias e a ponta da tabela.

América-MG perdeu do Avaí no fim de semana
Gazeta Press
América-MG perdeu do Avaí no fim de semana

Com a vitória do Criciúma por 2 a 1 diante do ASA-AL, o time catarinense chegou aos 15 pontos, dois a mais do que o América-MG, que tem 13. Nessas condições, o Tigre assume a liderança e deixa o Coelho em segundo, com o mesmo número de pontos do que o América-RN. No entanto, a vice-liderança é do time de Belo Horizonte pelos critérios de desempate.

Para enfrentar o Bragantino, o técnico Givanildo Oliveira poderá contar com o lateral-direito Rodrigo Heffner. Ele havia se queixado de dores na coxa esquerda no confronto diante do Avaí. O atleta foi submetido a um exame clínico e ficou constatado que não há lesão no local, apenas cansaço pelo período inativo, e ele está liberado para atuar normalmente.

Outra noticia boa para o treinador americano é a volta do lateral Boiadeiro, que cumpriu suspensão na rodada passada. Com isso, Givanildo poderá escolher a melhor opção para a ala direita do América-MG, entre Boiadeiro que assumi a titularidade com a lesão de Rodrigo Heffner, que agora está apto a disputar posição.

Veja como está a classificação atualizada da Série B do Brasileiro

Como nem tudo são flores, o comandante americano também tem problemas para o jogo. O zagueiro Gabriel, expulso contra o Avaí e o lateral-esquerdo Bryan, que recebeu o terceiro cartão amarelo estão fora do duelo contra o Bragantino. As opções para a defesa são: o novato Vinícius Simon, contratado junto ao Santos e que ainda não estreou e o jovem Lula. Na lateral, Pará é o único disponível para a posição.

Depois de tomar gosto pela vitória, Givanildo não quer saber de derrotas e pretende colecionar triunfos, a partir do duelo contra o Bragantino. "Depois que você anda numa situação boa, como líder, fica mais complicado aceitar as derrotas. Os jogadores têm que estar preparados para isso. Em 38, jogos uma hora você vai perder. Só espero que isso não aconteça mais. Temos que manter a pegada e continuar colecionando vitórias", afirmou.

Marcelo Veiga, técnico do Bragantino
Gazeta Press
Marcelo Veiga, técnico do Bragantino

No time de Bragança Paulista, o clima de alívio tomou conta do elenco e do técnico Marcelo Veiga, que venceram o Guaratinguetá na rodada passada, e agora chegam a Belo Horizonte para pontuar e subir na tabela. O Bragantino ocupa a 13º colocação com sete pontos e duas vitórias em seis jogos, e um triunfo em cima do América-MG dará ainda mais motivação para a equipe paulista.

A missão, no entanto, não será das mais fáceis e Marcelo Veiga tem problemas para o jogo. O zagueiro Cris segue fora do time contra o América-MG. O defensor foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e punido com suspensão de três partidas pela expulsão no jogo contra o São Caetano.

Em compensação, o treinador do Bragantino terá dois retornos importantes diante do América-MG. O zagueiro Rafael Caldeira e o volante Silvio, que ficaram de fora do jogo contra o Guaratinguetá por motivo de suspensão estão liberados para o duelo contra o América-MG, no estádio Independência.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG X BRAGANTINO

Local : Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data : 19 de junho de 2012 (terça-feira)
Horário : 21h (horário de Brasília)
Árbitro : André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes : João Patrício de Araújo (GO) e Márcio Soares Maciel (GO)

AMÉRICA-MG : Neneca; Boiadeiro (Rodrigo Heffner), Lula (Vinícius Simon), Everton Luiz e Pará; Dudu, Leandro Ferreira, Gilberto e Rodriguinho; Bruno Meneghel e Fábio Júnior
Técnico : Givanildo Oliveira

BRAGANTINO : Ale; André Vinicius, Rafael Caldeira e Luciano Castán; Victor Ferraz, Sílvio, Serginho, Fernando Gabriel e Andrezinho; Malaquias e Giancarlo
Técnico : Marcelo Veiga