Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Barcos reclama após empate do Palmeiras e vê falha do goleiro Bruno

"Não tem que tentar adivinhar o canto", detonou o argentino. Vasco empatou com gol de falta de Juninho Pernambucano

iG São Paulo | - Atualizada às

O atacante Barcos reclamou publicamente do goleiro Bruno após o empate por 1 a 1, entre Palmeiras e Vasco, neste domingo, na Arena Barueri, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a vantagem até os 38 minutos do segundo tempo, o time alviverde teve sua meta vazada em cobrança de falta de Juninho Pernambucano, lance no qual o camisa 1 palmeirense falhou, de acordo com o centroavante.

Futura Press
Juninho bate a falta que deu o empate ao Vasco

Bruno falhou no gol do Palmeiras contra o Vasco? Opine!

"O goleiro não tem que tentar adivinhar o canto. Ele tem que cobrir a trave. Acho que ele falhou. Por isso fui falar com ele, mas é coisa de jogo", disse o jogador, em entrevista à "TV Bandeirantes". "São detalhes que precisamos corrigir, não pode acontecer, pois pode nos deixar fora de outras coisas", completou.

VEJA TAMBÉM: Revoltado com o árbitro, Felipão não dá entrevista após empate

No lance, Juninho cobrou a falta no canto em que Bruno estava, o esquerdo. Enquanto os vascaínos celebravam o gol de empate, o atacante reclamou acintosamente contra o goleiro. A atitude, porém, foi reprovada pelos jogadores reservas do Palmeiras, que consideraram desnecessária a atitude do camisa 9. Veja fotos da 5ª rodada do Brasileirão:

O time palmeirense deixou a Arena Barueri demonstrando irritação. Além do atacante, Luiz Felipe Scolari decidiu não concedeu entrevista após a partida, incomodado com a atuação do árbitro Leandro Vuaden, que não teria marcado um pênalti em cima do próprio Barcos.

E MAIS: Palmeiras perde Luan e pode ficar sem Assunção para o jogo contra o Grêmio

A discussão entre goleiro e atacante, porém, não deve ter novos capítulos. O gerente de futebol alviverde, César Sampaio, assegurou que a dupla se entendeu nos vestiários e, a princípio, tudo ficou resolvido: "Discussões dentro de campo são normais, servem para o crescimento do time. É normal essa cobrança, ainda mais às vésperas de um jogo decisivo", disse.

CONFIRA: Em jogo de golaços, Vasco arranca empate contra o Palmeiras e segue líder

Em meio ao clima tenso, o Palmeiras agora volta suas atenções para a disputa da Copa do Brasil. Nesta quinta, a equipe enfrentará o Grêmio, às 21h (horário de Brasília), mais uma vez na Arena Barueri, valendo uma vaga na decisão. Para este jogo, o atacante Luan está fora, com uma lesão na coxa, e Marcos Assunção é dúvida.

Ajude o Palmeiras a aumentar sua torcida virtual

Leia tudo sobre: PalmeirasBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG