Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atleticanos deixam o Couto Pereira reclamando da arbitragem

Recuo de bola marcado pelo árbitro é a maior reclamação do Atlético-GO, derrotado pelo Coritiba por 3 a 0 neste domingo

Gazeta |

Na derrota por 3 a 0 para o Coritiba, no Couto Pereira, não foi o desempenho dos jogadores do Atlético-GO que desagradou o técnico Hélio dos Anjos. Pelo contrário, o treinador apontou melhora na equipe e criticou bastante o árbitro Nielson Nogueira Dias.

Veja fotos dos jogos da 5ª rodada do Campeonato Brasileiro

O lance de maior reclamação foi o que originou o segundo gol do Coritiba, aos 26 minutos do segundo tempo. Ao desarmar Marcel, Joílson tocou a bola para trás e o goleiro Márcio defendeu com as mãos. O árbitro assinalou o recuo, mas os atleticanos tentaram justificar que não houve a intenção. Na cobrança do tiro livre direto, Marcel balançou a rede.

O jogo: Coritiba afunda o Atlético-GO e ganha fôlego para a Copa do Brasil

Hélio dos Anjos, contudo, também viu irregularidade no primeiro gol do Coritiba, ainda no primeiro tempo, com Pereira. "Pessoas que estavam vendo pela televisão me disseram que a bola pegou na mão", reclamou, o treinador, que teve tempo para elogiar os estreantes do dia: o lateral esquerdo Eron e o atacante Wesley.

Confira a tabela de classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

A derrota deixou o Atlético-GO na vice-lanterna da tabela de classificação, com dois pontos, à frente apenas do Corinthians. A colocação já encaminha o clube para uma crise. Além de protestos da torcida, a equipe está tendo que lidar com polêmicas envolvendo a diretoria. A última pode resultar na saída do vice-presidente Maurício Sampaio.

Leia tudo sobre: coritibaatlético-gobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG