Volante do Palmeiras mostra otimismo quanto a jogar na quinta-feira, pela Copa do Brasil

Substituído ainda no primeiro tempo do empate por 1 a 1 entre Palmeiras e Vasco , no domingo, pelo Brasileirão , o volante Marcos Assunção se transformou em uma dúvida para a partida contra o Grêmio , pela Copa do Brasil , mas acredita na chance de se recuperar da contusão na coxa direita. O capitão tem esperança de se recuperar até a noite de quinta-feira, quando acontecerá o segundo jogo da semifinal do torneio.

Assunção fará muita falta se não puder jogar? Deixe seu comentário!

Assunção sentiu lesão e saiu no 1º tempo
Futura Press
Assunção sentiu lesão e saiu no 1º tempo

"Temos quatro dias até o jogo e, até lá, vou fazer todo o tratamento. Se o jogo fosse daqui a um dia, não daria. Mas acho que teremos tempo suficiente", afirmou o meio-campista, ao site oficial do clube.

VEJA:  Palmeiras perde Luan e pode ficar sem Assunção contra o Grêmio

Com dores e mancando, Marcos Assunção foi substituído ainda no primeiro tempo, por Márcio Araújo. O jogador admite que as dores estão atrapalhando, mas faz tratamento intensivo para se reabilitar: "A pancada na coxa está incomodando muito, mas vou fazer tratamento de manhã e à tarde. Se precisar, faço à noite também. Quantos períodos forem necessários para eu poder estar em campo na quinta", acrescentou.

E MAIS:  Na fila para compra de ingressos, palmeirenses veem obras na Arena

Enquanto Marcos Assunção ainda tem esperança de jogar, o atacante Luan está vetado para o confronto de volta contra o Grêmio , pois sofreu uma lesão muscular na coxa direita diante do Vasco.

CONFIRA AINDA:  Após críticas de Barcos, Bruno confessa erro em gol do Vasco

Na primeira partida contra o time gaúcho, o Palmeiras venceu por 2 a 0, no estádio Olímpico . Por isso, na noite de quinta, o clube alviverde tem a chance de se classificar para a final mesmo em caso de derrota por um gol de diferença, na Arena Barueri.

Quem avança à final: Palmeiras ou Grêmio? Entre na torcida virtual e comente

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.