Equipe formada por Raí, Cafu e Zetti foi homenageada neste domingo em comemoração aos 20 anos do título da Libertadores de 1992

Raí exibe a taça conquistada em 1992 pelo São Paulo
Futura Press
Raí exibe a taça conquistada em 1992 pelo São Paulo

Antes da vitória do São Paulo sobre o Atlético-MG por 1 a 0 neste domingo , no Morumbi, o time paulista promoveu uma comemoração pelos 20 anos da conquista da sua primeira Copa Libertadores da América , em 1992.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

No dia 17 de junho, o São Paulo derrotou o Newell´s Old Boys, da Argentina, por 1 a 0 no tempo normal. Como o resultado foi o mesmo do confronto de ida, a decisão foi para o pênaltis, vencida pelo Tricolor paulista por 3 a 2. Mais de 105 mil torcedores testemunharam a conquista ao vivo.

Leia mais:  "É muito bom ser lembrado após 20 anos", diz Cafu

Alguns dos campeões estiveram no Morumbi neste domingo para acompanhar o jogo contra o Atlético-MG de um camarote especial. "Ninguém imaginava que aquela Libertadores pudesse tomar a proporção que foi", exaltou o ex-goleiro Zetti.

Confira ainda:  Em tarde de festa, São Paulo vence Atlético-MG e se aproxima do G4

Dentro de campo, o mascote oficial do São Paulo levou a taça da Libertadores para o campo. Em seguida, o capitão na ocasião, o ex-meia Raí, voltou a erguer o troféu.

Todos os campeões de 1992 foram presenteados com uma medalha. Raí e Zetti também receberam uma placa especial. O atual elenco do São Paulo terá a marca da conquista da inédita Libertadores da América . As camisas usadas pelo time neste domingo vão contar com os nomes dos heróis.

A Copa Libertadores da América de 1992 abriu o caminho para uma série de conquistas internacionais. Atualmente, o São Paulo apresenta um currículo com três títulos continentais e mundiais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.