Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

"É muito bom ser lembrado após 20 anos", diz Cafu

Ex-jogador foi um dos homenageados pelo São Paulo por fazer parte do time campeão da Libertadores em 1992, contra o Newell's Old Boys

Gazeta |

O São Paulo promoveu antes do jogo contra o Atlético-MG uma homenagem aos campeões da Copa Libertadores de 1992. O torcedor do time paulista pôde ver novamente nomes como Zetti, Cafu, Ronaldão e Raí no gramado do Morumbi. Os ex-jogadores agradeceram a lembrança.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Futura Press
Cafu e Raí eram titulares do São Paulo na conquista do Mundial de 1992

"Foi muito legal a homenagem depois de 20 anos, ser lembrado pelo que fizemos em favor do clube", comentou o ex-lateral direito Cafu.

Leia mais: Em tarde de festa, São Paulo vence Atlético-MG e se aproxima do G4

Cada campeão presente ao Morumbi neste domingo recebeu uma medalha pelo aniversário de 20 anos da conquista. Ainda por cima, o ex-goleiro Zetti, herói na disputa dos pênaltis da final contra o Newell´s Old Boys, da Argentina, e Raí, capitão e principal líder daquela equipe, ganharam uma placa.

Veja também: São Paulo homenageia campeões de 92 em vitória contra o Atlético-MG

"É um momento especial para todos nós e ainda viemos prestigiar um grande jogo entre São Paulo e Atlético-MG", completou Cafu, que ainda deu um caloroso abraço em Ronaldinho Gaúcho, astro do Atlético-MG.

Confira ainda: Lucas lamenta expulsão de L. Fabiano e diz que ele não vai mudar

Dono de um preparo físico elogiável durante a carreira, Cafu ainda ostenta uma forma admirável. Ele fez questão de brincar que poderia estar em atividade, aos 42 anos.

"Acho que dá pra jogar, eu trouxe até a minha carteira de identidade", sorriu o capitão do pentacampeonato mundial da seleção brasileira.

Leia tudo sobre: cafusão paulolibertadoresraí

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG