Tamanho do texto

"Tem que continuar a fazer exatamente o que estamos fazendo", disse o goleiro Cássio

Dono da segunda melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, o Corinthians tem decidido seus jogos de mata-mata em casa - e será assim até uma eventual final, já que o Fluminense foi eliminado. A diferença, agora, é que a equipe de Tite não terá a obrigação de balançar a rede contra o Santos , como aconteceu nas oitavas e quartas de final.

E MAIS:  Ave 'rouba' celular de jornalista durante treino de reservas corintianos

Tanto diante do Emelec quanto contra o Vasco da Gama, o time passou em branco no jogo de ida, nas casas dos adversários, e por isso encontrou certa pressão no Pacaembu, onde, por outro lado, venceu os equatorianos por 3 a 0 e derrotou o rival carioca por 1 a 0.

Na próxima quarta-feira será diferente. Por conta do gol de Emerson na Vila Belmiro , o Corinthians se garante na final da Libertadores pela primeira vez em sua história com qualquer empate. A vantagem, contudo, não fará a equipe mudar sua postura em campo, segundo o goleiro Cássio.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Tem que continuar a fazer exatamente o que estamos fazendo. A gente não tem que mudar nada. Temos que estar bem concentrados, focados, e treinar para melhorar o que deve ser melhorado", ensinou o camisa 24. "Não tem como relaxar. Conseguimos um grande resultado, mas nada está definido. Vamos continuar com o que estamos fazendo para conseguir a classificação", completou.

Manter a postura, no caso, significa seguir com a marcação acirrada, principal virtude do Timão na competição. Em 11 jogos, a equipe de Tite só sofreu dois gols - do Deportivo Táchira e do Nacional do Paraguai, ainda na primeira fase. Já é a melhor defesa de toda a história da Libertadores.

"Não é só a defesa que está bem, as coisas estão dando certo para o time em geral. Todo mundo volta para marcar, não é sou só eu ou a linha defensiva. Os atacantes têm voltado e isso está ajudando a nossa defesa a não tomar gol", elogiou Cássio, parte fundamental nesses números.

Desde que assumiu a meta, no primeiro jogo das oitavas de final, após o então titular Julio Cesar ser acusado de falhar no Campeonato Paulista, o camisa 24 não foi vazado na competição continental. Se mantiver o desempenho, o Corinthians está classificado.

Entre para a torcida virtual do seu time e o ajude na briga pelo topo do ranking

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.