Desconhecido do grande público até sua chegada, goleiro afirmou que seu objetivo é se tornar ídolo do clube paulista

Com defesas importantes, Cássio foi um dos destaques do Corinthians
Gazeta Press
Com defesas importantes, Cássio foi um dos destaques do Corinthians

Emerson foi o autor do gol que dá ao Corinthians a vantagem de poder empatar para avançar a uma final inédita de Copa Libertadores da América , mas Cássio foi um dos mais festejados após a vitória por 1 a 0 na Vila Belmiro , pela primeira semifinal da competição continental.

Deixe um recado e comente a notícia com outros torcedores

Seguro durante toda a partida, o goleiro se destacou ao defender arremate do lateral esquerdo Juan, já no segundo tempo do duelo. "Eu só vi o chute quando chegou porque tinham muitos jogadores na minha frente. Na hora, todo mundo abriu e aí a defesa foi no reflexo", relembrou. "Foi importante para a gente sair com a vitória".

Leia mais: Emerson diz que sua expulsão foi justa, mas reclama dos critérios do árbitro

Dono da meta corintiana desde a eliminação do Corinthians nas quartas de final do Campeonato Paulista, quando o então titular Julio Cesar foi acusado de falhar em dois gols da Ponte Preta , Cássio tem correspondido às expectativas. Ele ainda não foi vazado em cinco jogos de Libertadores e, assim, tem conquistado os torcedores.

Veja também: Jornal argentino ironiza atuação de Neymar contra o Corinthians

"Tenho recebido muitas ligações, de amigos, familiares. Minha mãe e minha tia estão aqui em São Paulo, é muito bom receber os 'parabéns' delas. Pelas redes sociais tento responder o carinho que os torcedores estão me passando", declarou o goleiro, igualmente festejado após as quartas de final com o Vasco, por parar Diego Souza no Pacaembu.

E ainda: Pelo Twitter, Neymar diz que Santos fará de tudo para reverter resultado

Aos 25 anos, Cássio chegou ao Corinthians no final de dezembro ainda desconhecido de alguns, já que deixou o Grêmio muito cedo, logo que venceu o Sul-americano sub-20 com a Seleção Brasileira em 2007. No PSV, da Holanda, ele atuou por três temporadas e conquistou dois títulos, mas ainda não havia sentido o sabor da fama.

"Estou vivendo um novo momento, mudou bastante. Saio na rua e recebo o carinho das pessoas, pedem para tirar foto. Isso é muito bom, mostra que o trabalho está sendo bem feito. Tenho que ter tranquilidade, continuar treinando para jogar do mesmo nível e chegar ao meu objetivo que é ser ídolo do Corinthians", afirmou Cássio, que tem contrato com o clube até 2014.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.