Jogador reconheceu sequestrador através das imagens da câmera de segurança de uma loja

Estadão Conteúdo

Valdivia aparece durante sequestro em vídeo da câmera de segurança de uma loja
Reprodução
Valdivia aparece durante sequestro em vídeo da câmera de segurança de uma loja

A polícia prendeu na madrugada desta quarta-feira, um homem suspeito de ter sequestrado o jogador Valdivia , do Palmeiras , e sua esposa, Daniela Aránguiz, na Avenida Sumaré, zona oeste de São Paulo, na última quinta-feira. As informações foram dadas pelo 23ºDP.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O meio-campista chileno havia reconhecido o suspeito do sequestro relâmpago através de imagens de câmera da segurança de uma loja de autopeças, durante depoimento ao delegado titular da 23ºDP, Marco Aurélio Batista, nesta segunda-feira.

Leia mais: Após sequestro, Valdivia põe em dúvida permanência no Palmeiras

Valdivia e a esposa foram abordados por um homem, quando estavam na Avenida Sumaré, por volta das 21 horas da última quinta-feira. O casal ficou com o bandido por cerca de 3 horas, e foram deixados na Avenida Marquês de São Vicente, perto do centro de treinamento do Palmeiras.

O incidente abalou o jogador, que voltou ao seu país e chegou a dizer que não sabia se retornaria ao Brasil. Ele se reapresentou ao clube paulista na última terça-feira, mas sua situação segue indefinida.

Veja também: Palmeiras promete “carinho” e admite adiar retorno de Valdivia

A esposa do jogador, Daniela, já avisou que não voltará ao Brasil e o fato de ter a família morando longe poderia influenciar em um possível pedido de Valdivia para deixar o Palmeiras. O clube prometeu definir o caso nesta sexta-feira.

Veja outros exemplos de atletas que foram vítimas da violência:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.