Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Copa do Brasil pode tirar Grêmio ou Palmeiras da fila de mais de 10 anos

Volante gaúcho ainda era criança e dirigente paulista ainda jogava quando os clubes ganharam títulos importantes

Gabriel Cardoso , iG Porto Alegre |

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Fernando, volante do Grêmio, tinha 9 anos quando o time ganhou a Copa do Brasil

O vencedor da eliminatória entre Grêmio e Palmeiras estará muito próximo de acabar com uma seca de títulos importantes de mais de uma década, pois estará na final da Copa do Brasil. Gaúchos e paulistas jogam nesta quarta-feira, 21h50, no estádio Olímpico, o jogo de ida da semifinal da competição.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Ambos tentam acabar com o jejum de mais de 10 anos sem uma conquista expressiva. A Copa do Brasil de 2001 é a última grande lembrança da torcida do Grêmio. O Palmeiras festejou em 1999 o título da Libertadores.

Ficha do jogo: Grêmio x Palmeiras abrem semifinal da Copa do Brasil

Desde então, eles venceram muito pouco. O Grêmio foi quatro vezes campeão gaúcho e ganhou a série B nacional em 2005 depois de ser rebaixado no ano anterior. O Palmeiras também teve que ‘comemorar’ uma segunda divisão em 2003, ao ter caído um ano antes. O Paulistão só foi comemorado uma vez: em 2008. Teve também o título do Torneio Rio-São Paulo, em 2000.

Leia também: Luxembugo quebra tabu de 16 anos, mas ainda leva a pior contra Felipão

“Eu era pequeno mesmo (quando o Grêmio ganhou a Copa do Brasil). Nunca imaginava que estaria em uma semifinal de Copa do Brasil. Sabemos que a torcida está carente disso. Queremos fazer história no último ano do Olímpico, estamos comprometidos com isso”, comentou o volante Fernando que tinha 9 anos quando o Grêmio foi campeão em 2001.

 Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

“Nossa equipe está abaixo do que pode render. Estamos tendo um dos piores inicios de Brasileiro da historia do Palmeiras. Estamos ciente disso e temos esse jogo contra o Grêmio como um divisor de águas”, disse César Sampaio, campeão da Libertadores 1999 como capitão e agora gerente de futebol do Palmeiras.

Getty Images
César Sampaio ainda era jogador quando o Palmeiras foi campeão

Quem passar de fase entre Grêmio e Palmeiras encontrará São Paulo ou Coritiba na final da Copa do Brasil. Faltarão apenas dois jogos para acabar com a longa espera de uma das torcidas.

Leia tudo sobre: GrêmioPalmeirasCopa do Brasil 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG