Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Vândalos picham Cristo Redentor com nome e número de Ronaldinho em BH

Bandidos atuaram de madrugada e conseguiram escapar assim que guardas municipais se aproximaram

Frederico Machado - iG Belo Horizonte | - Atualizada às

Reprodução/ Tv Alterosa
Vândalos erraram ao escrever o nome de Ronaldinho

A chegada de Ronaldinho Gaúcho em Belo Horizonte tem causado situações diferentes na capital mineira. Na madrugada dessa terça-feira, dois homens picharam o Cristo Redentor do Bairro Milionários com o nome e o número do novo ídolo do Atlético-MG

Leia também: Camisa oficial de Ronaldinho no Atlético-MG está à venda nas lojas

Segundo informações da Polícia Militar, dois homens foram flagrados por uma viatura da Guarda Municipal quando pichavam o monumento do Bairro Milionários durante a madrugada, utilizando uma escada. Ao perceber a aproximação dos guardas, conseguiram fugir em um carro vermelho e descartaram as latas de spray em um matagal próximo da região. 

Acompanher o Brasileirão em tempo real pelo Aplicativo iG Futebol

Ainda segundo a PM, além do número 49 e do nome do jogador (escrito equivocadamente, sem a letra "L"), os pichadores ainda começaram a desenhar o escudo do Atlético-MG no Cristo Redentor.

Um dos suspeitos tem o nome de Willy César Azevedo, de 21 anos, e é morador de Contagem, na Grande BH. Ele foi capturado duas horas depois do crime e disse aos guardas que teria conhecido o outro suspeito pelo Facebook.

A estátua do Cristo Redentor foi construída em 1956 no alto do Bairro Milionários e tem quase 12 metros de altura. O monumento fica em uma praça onde são realizadas festas pela população local, mas com alto índice de criminalidade.

Entre para a torcida virtual do Atlético-MG e comente a ação dos vândalos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG