Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Quarta rodada do Brasileirão tem a pior média de gols

Com menos de dois gols por partida, torneio mantém tendência de placares magros em 2012

iG São Paulo | - Atualizada às

Gazeta Press
Vágner Love festeja gol contra o Coritiba. Ele é um dos artilheiros do Brasileiro

A quarta rodada do Campeonato Brasileiro foi a pior para os atacantes até agora. Com apenas 19 gols em dez partidas, média de 1,9 por jogo, foi a primeira com menos de dois por partida em 2012 - nas anteriores, a média foi de 2, 2,1 e 2,8 gols por jogo - e a pior desde setembro de 2011. Números que apontam este início de Brasileirão como o pior da era dos pontos corridos.

Deixe seu recado e comente com outros torcedores

O campeonato pode estar apenas no começo, mas pelo que os vinte clubes apresentaram até agora pode-se dizer que essa não é uma temporada inspirada para os ataques. Até agora, em 40 partidas, foram marcados 88 gols, uma média de 2,2 por partida. Desde 2003, a pior estatística após quatro rodadas havia acontecido em 2008, com 89 gols no total e 2,225 de média.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro após quatro rodadas

Individualmente, apenas os camisas 9 dos times cariocas têm escapado da má fase. Herrera, do Botafogo, Vágner Love, do Flamengo, e Alecsandro, do Vasco, dividem a artilharia da competição com quatro gols cada, seguidos por Caio, do Figueirense, com três. Depois deles, oito jogadores tem dois gols marcados até agora.

Veja os gols da quarta rodada do Brasileirão


O mau início, no entanto, não significa necessariamente um Brasileirão inteiro com poucos gols. Ano de pior início até então, 2008 acabou com média de 2,73 gols por jogo, superando 2006 (2,71), 2011 (2,68) e 2010 (2,57). Além disso, vale lembrar que os maiores artilheiros do ano passado, Borges e Fred, fizeram apenas uma partida cada um até agora.

AE
Alecsandro, bem marcado contra o Bahia, é outra das exceções entre os atacantes no Brasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG