Tamanho do texto

Com 11 pontos conquistados, a Celeste ultrapassou a Argentina na tabela de classificação

O Uruguai parecia caminhar tranquilamente para mais uma vitória nas eliminatórias sul-americanas , mas uma grande reação da seleção peruana complicou a vida da Celeste neste domingo. Após passar um grande sufoco no segundo tempo de jogo, a equipe conseguiu o triunfo por 4 a 2 graças a um gol de Rodríguez e assumiu a segunda colocação.

CONFIRA TAMBÉM: Jogando gora de casa, Chile derrota a Venezuela e lidera

Os uruguaios começaram melhor em campo e conseguiram abrir vantagem no marcador já aos 15 minutos do primeiro tempo. Forlán cobrou escanteio pela direita e Coates cabeceou em direção ao gol. Oportunista, Suárez apareceu bem e completou para o fundo das redes.

Luis Suarez briga pela bola no duelo
Reuters
Luis Suarez briga pela bola no duelo

O gol embalou a seleção na partida e lançou o time todo ao ataque. O domínio celeste poderia ter acarretado no segundo se não fosse a boa participação de Penny. Cavani chutou firme e exigiu grande intervenção do arqueiro peruano.

No entanto, o camisa 01 do Peru não conseguiu corresponder da mesma forma aos 29 minutos de jogo. Em chute forte de Suárez, o arqueiro deu rebote e Maximiliano Pereira aproveitou a sobra para concluir.

Com a dianteira estabelecida no marcador, o Uruguai passou a administrar o resultado já no primeiro tempo, mas um gol contra mudou o ritmo do confronto. Após cruzamento de Yotún pela esquerda, Godín tentou afastar o perigo e mandou contra o próprio patrimônio aos 39 da primeira etapa.

O tento anotado ainda nos 45 minutos iniciais empolgou o Peru e trouxe ao time uma nova postura durante o segundo tempo. Diante da apatia uruguaia, a equipe tratou de buscar a virada já no início da etapa complementar e conseguiu a igualdade aos três de jogo. Paolo Guerrero chutou de dentro da área e superou Muslera para deixar tudo igual no estádio Centenário.

Nervoso, o Uruguai passou a buscar a dianteira de todas as formas possíveis e contou com o apoio do torcedor para retomar a vantagem dentro de casa. Aos 17 minutos, Cristian Rodríguez subiu mais alto que a zaga e testou firme para recolocar a Celeste na frente. O gol acalmou os ânimos do time comandado por Oscar Tabárez e conseguiu estabelecer o equilíbrio entre os times.

Embora chances esporádicas tenham ditado o ritmo do confronto, o gol que definiu o placar saiu apenas no último minuto da partida. Sebastián Eguren aproveitou o passe dentro da área e fuzilou em direção ao gol adversário, sem chances de defesa para o arqueiro peruano.

A vitória deixou a equipe com 11 pontos nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2014. O time ultrapassou o Argentina e assumiu a vice-liderança. O Peru, por sua vez, foi ultrapassado pelas demais equipes do continente e passou a ocupar a lanterna, com apenas três pontos.

FICHA TÉCNICA
URUGUAI 4 x 2 PERU

Local: estádio Centenário, em Montevidéu (URU)
Data: 10 de junho de 2012, domingo
Hora: 15h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Brasil)
Assistentes: Altemir Hausmann e Alessandro Rocha Matos (ambos do Brasil)
Cartões Amarelos: Luiz Suárez (Uruguai); Ramos, Galliquio e José Paolo Guerrero (Peru)

GOLS:
URUGUAI: Sebastián Coates, aos 15 minutos do primeiro tempo, Maximiliano Pereira, aos 30 do primeiro tempo, Cristian Rodríguez, aos 18 do segundo tempo, e Sebastián Eguren, aos 49 do segundo tempo
PERU: Diego Godín (contra), aos 40 minutos do primeiro tempo, e José Paolo Guerrero, aos três minutos do segundo tempo

URUGUAI: Muslera; Diego Godín, Sebastían Coates, Álvaro Pereira (Cristian Rodríguez) e Maximiliano Pereira; Cáceres, Pérez e Arévalo; Luis Suárez (Sebastián Egures), Diego Forlán (Gastón Ramírez) e Cavani
Técnico: Óscar Tabárez

PERU: Penny; Advíncula (Bravo), Álvarez, Galliquio e Ramos; Yotún, Cruzado, Ramírez e Gonzales (Carlos Lobatón); Guerrero e Fernández (Carrillo)
Técnico: Sergio Markarián