Em casa, time gaúcho fez 2 a 0 no primeiro tempo e empurrou equipe paulista para a lanterna

Sem poupar titulares e querendo ir bem tanto no Brasileirão como na Copa do Brasil, o Grêmio fez 2 a 0 no Corinthians neste domingo em Porto Alegre pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro e subiu para o terceiro lugar da tabela com nove pontos. O Corinthians, reserva, tem o pior início de um campeão na história do Brasileirão, e com um ponto em 12 possíveis segura a lanterna do torneio ao lado do Palmeiras .

Veja a classificação completa e os próximos jogos do Campeonato Brasileiro

O Grêmio, forte no Brasileiro, joga quarta-feira contra o Palmeiras, em casa, na partida de ida das semifinais da Copa do Brasil. O Corinthians, com os titulares, irá à Vila Belmiro para jogar a primeira decisão valendo vaga na final da Libertadores contra o Santos .

Assista aos gols da vitória do Grêmio sobre o Corinthians

O jogo

O time reserva do Corinthians conseguiu segurar o Grêmio por apenas 21 minutos. A formação escolhida por Tite, que privilegia a Libertadores e por isso escalou apenas um titular (Fábio Santos) entre os 11 que iniciaram a partida no Olímpico, não foi capaz de frear o bem arrumado time do Grêmio, que apesar de estar nas semifinais da Copa do Brasil, aproveitou do entrosamento já existente para dominar um time que não tem nenhum padrão tático.

Os reservas do Corinthians, com o zagueiro Marquinhos improvisado de volante e Ramon, lateral-esquerdo, atuando como meia, não fez nada que pudesse assustar. Os dois times, até os 20 minutos, faziam um jogo morno, sem chances claras. Para o Corinthians, um empate já seria um ótimo resultado.

Mas a partir dali, quando o Antônio Carlos cortou a bola a entrada da área nos pés de Marco Antônio e o meia gremista acertou chute forte e abriu o placar, só deu Grêmio. Danilo Fernandes falhou no lance.


Sem confiança, a defesa corintiana (que teve a volta de Wallace depois de três meses) passou a falhar com frequência e o segundo gol gremista não demorou a sair. André Lima aproveitou a “roda de bobinho” feita pelo ataque do Grêmio dentro da área e de dentro da pequena área anotou o segundo gol aos 29 minutos.

No segundo tempo, sem alterações, o Corinthians foi melhor. Com mais vontade, afinal o placar era desfavorável, teve chance clara de diminuir a desvantagem com Willian aos 10 minutos. Em lance raro de qualidade de Douglas, o meia fez lançamento primoroso para o camisa 7 que dominou na cara de Victor, mas não foi capaz de superar o goleiro gremista. 

O Grêmio, com a inteligência "copeira" que acompanha a equipe, se resguardou para não forçar demais antes da partida "que vale", contra o Palmeiras. Durante todo o segundo tempo, o time gaúcho só esperou o Corinthians e mesmo assm teve boas chances de ampliar. Kléber, que entrou no segundo tempo, reclamou de pênalti não marcado pelo juiz quando Antônio Carlos o derrubou dentro da área. O ex-palmeirense ainda perdeu chance clara, sem goleiro, chutando para fora. 

Tite ainda tentou mudar o jogo com entradas de Romarinho (fazendo sua estreia) e Adilson. Os dois, contudo, jogaram apenas 15 minutos e nada puderam fazer e o placar final ficou nos 2 a 0 para os donos da casa.

FICHA TÉCNICA - GRÊMIO 2 X 0 CORINTHIANS
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 10 de junho de 2012, domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa-PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)

GOLS: Marco Antônio, aos 21, e André Lima, aos 28 minutos do primeiro tempo

GRÊMIO: Victor; Gabriel, Vilson, Werley e Pará; Fernando (Gilberto Silva), Souza, Léo Gago e Marco Antônio (Rondinelly); André Lima e Miralles (Kleber).  Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CORINTHIANS: Danilo Fernandes; Welder, Antonio Carlos, Wallace e Fábio Santos; Marquinhos, Willian Arão, Ramon (Adilson) e Douglas (Romarinho); Willian e Elton  Técnico: Tite

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.