Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense e Internacional não saem do zero no Engenhão

Apesar de contar com Fred e Wellington Nem, que pediram ao técnico Abel Braga para entrar em campo, o time da casa teve poucos momentos de lucidez.

Gazeta |

Em partida de poucas emoções disputada na tarde deste domingo no Engenhão, Fluminense e Internacional empataram sem gols pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe das Laranjeiras chegou aos seis pontos ganhos e está na nona posição enquanto os gaúchos subiram  para a quarta colocação, com oito pontos.

Veja como está a classificação do Brasileirão 2012

O placar fez justiça ao desempenho das duas equipes que mostraram pouca ambição ofensiva. Apesar de contar com Fred e Wellington Nem que pediram ao técnico Abel Braga para entrar em campo, o time da casa teve poucos momentos de lucidez. O Inter que chegou muito desfalcado entrou armado para não perder e alcançou seu objetivo.

Na próxima rodada o Fluminense enfrentará a Portuguesa no Canindé. O Internacional vai receber o Botafogo no Beira Rio.

O Jogo
Empolgado pela presença de Deco, Fred e Wellington Nem, o Fluminense começou a partida no ataque, enquanto o Inter, desfalcado de D´Alessandro, Datolo, Leandro Damião, Oscar e Gnazu parecia mais preocupado em assumir uma postura mais cautelosa, mantendo apenas Gilberto avançado entre os zagueiros tricolores. E logo aos dois minutos, o time dirigido por Abel Braga quase abriu o marcador quando Bruno cruzou para a área e Nem chegou atrasado na conclusão. A resposta gaúcha veio em chute de Gilberto que Diego Cavalieri defendeu com segurança.

O time da casa seguia atacando e aos dez minutos perdeu outra grande chance para marcar, Deco fez ótimo lançamento para Carletto que cruzou para Nem. O atacante se livrou da marcação e tentou tirar do goleiro mas a bola saiu antes que Fred conseguisse empurrar para as redes.

CONFIRA: Fluminense negocia promessa da seleção Sub 20 com clube português

O time comandado por Dorival Júnior só conseguia progredir ofensivamente quando Dagoberto estava com a bola. E aos 17 minutos, em cobrança de falta de Dagoberto, Diego Cavalieri teve que sair de soco para impedir a conclusão de Gilberto.

O Fluminense continuava mais objetivo em campo e aos 20 minutos, Bruno recebeu ótimo lançamento mas a conclusão foi defeituosa e a bola saiu sem perigo para o gol defendido por Muriel. O time carioca tinha mais posse de bola mas encontrava dificuldades para encontrar espaços na defesa da equipe do Rio Grande do Sul, principalmente pela falta de ritmo demonstrada por Deco e Fred que retornavam de lesões.

Photocamera
Wellington Nem, que estava com a seleção brasileira no sábado, entrou em campo

O Inter só chegava na área carioca em lances de bola parada como aconteceu aos 29 minutos em cobrança de falta de Dagoberto que acabou saindo sem levar perigo para o gol defendido por Diego Cavalieri.

Aos 32 minutos, Tiago Carletto foi lançado pela esquerda dentro da área e cruzou rasteiro mas a defesa gaúcha aliviou o perigo. No minuto seguinte, Deco cobrou falta na lateral da área e tentou encobrir o goleiro Muriel, mas o defensor gaúcho espalmou para escanteio, salvando sua equipe de sofrer o gol.

O Inter assustou aos 36 minutos quando Dagoberto recebeu na intermediária, avançou sem marcação mas chutou muito mal. O Fluminense deu a resposta aos 37 minutos quando Fred foi lançado e deixou a bola passar para Tiago Carleto que bateu de primeira mas Rodrigo Moledo salvou, desviando para escanteio.

O jogo ficou mais aberto com as duas equipes se lançando em busca do gol. Aos 39 minutos, depois de boa troca de passes, Jajá bateu de fora da área mas a zaga desviou para escanteio. Aos 42 minutos, Dedo fez um ótimo lançamento para Wagner que tentou pegar de primeira e mandou a bola bem longe da trave de Muriel.

Na última chance do primeiro tempo, após boa jogada de Wellington Nem, a bola acabou sobrando para Bruno que cruzou para a cabeçada defeituosa de Wagner que desperdiçou a oportunidade.

Os dois times voltaram sem modificações para o segundo tempo e em ritmo lento mas aos três minutos, Deco cruzou da direita e o baxinho Wellington Nem tocou de cabeça e obrigou Muriel a praticar uma grande defesa, espalmando para escanteio. O Inter incomodou a defesa carioca no lance seguinte em conclusão rasteira de Dagoberto que foi defendida sem problemas por Cavalieri.

Photocamera
Fred perdeu um gol incrível no 1º tempo

Aos nove minutos, Marcos Aurélio fez boa jogada individual, evitou Anderson e chutou cruzado mas Diego Cavalieri defendeu com firmeza. Aos 13 minutos, uma saída errada permitiu que Marcos Aurélio arriscasse de fora da área, Diego Cavalieri deu rebote mas a zaga aliviou o perigo.

No Fluminense, Wagner caía pelo lado esquerdo mas não dava continuidade às jogadas enquanto Fred mostrava falta de ritmo. Aos 18 minutos, Abel decidiu tirar Wellington Nem que aparentava cansaço em função do desgaste da viagem com a seleção brasileira e colocou Matheus Carvalho enquanto Wagner saiu para a entrada do argentino Lanzini.

Os dois times erravam muitos passes e só causavam perigo em lances de bola parada. Aos 30 minutos, Deco cobrou falta e Samuel que tinha entrado no lugar de Fred, cabeceou para boa defesa de Muriel. A lenta troca de passes dava a impressão de que os dois times estavam satisfeitos com o empate, o que irritava a pequena torcida presente ao Engenhão.

Aos 41 minutos, o Fluminense perdeu a melhor chance do segundo tempo. Tiago Carletto lançou Matheus Carvalho na área e o ataque descobriu Lanzini que entrava livre na área mas o argentino falhou ao tentar dominar a bola e permitiu que Muriel se atirasse aos seus pés e impedisse a conclusão no último lance importante do jogo.

FICHA TÉCNICA 
FLUMINENSE 0 X 0 INTERNACIONAL

Local: estádio João Havelange, Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 10 de junho de 2012, domingo
Hora: 17 horas (de Brasília)
Público: 5.728 pagantes
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes:Marcio Eustáquio Santiago e Janette Mara Arcanjo (ambos de MG)
Cartões amarelos: Edinho (Flu);Dagoberto, Elton (Inter)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Anderson e Tiago Carletto; Edinho, Jean, Deco e Wagner (Lanzini); Wellington Nem (Matheus Carvalho) e Fred (Samuel). Técnico: Abel Braga

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Fabrício; Sandro Silva, Elton, Marcos Aurélio (Mike), Jajá e Dagoberto (Fred); Gilberto (Maurides). Técnico: Dorival Júnior

Leia tudo sobre: FluminenseInternacionalBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG