Time carioca luta para se manter na parte de cima da tabela. Já pernambucanos buscam encerrar jejum de vitórias

Depois de estar vencendo o Cruzeiro por 2 a 0 e permitir a virada para 3 a 2 , o Botafogo busca a recuperação no Campeonato Brasileiro neste domingo, às 18h30 (de Brasília), quando visita o Náutico nos Aflitos, no Recife, em confronto válido pela quarta rodada.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Botafogo busca recuperação contra o Náutico
AE
Botafogo busca recuperação contra o Náutico


O time carioca soma seis pontos e luta para seguir no pelotão de frente da competição. Já a equipe pernambucana, que vem de derrota de 2 a 0 para o Vasco, ainda não venceu no Brasileirão espera quebrar um jejum que está se tornando cada vez mais incômodo. Isso porque o último triunfo ocorreu no dia 18 de abril, pela Copa do Brasil, contra o Fortaleza.

Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

Oswaldo de Oliveira, técnico do Botafogo, procurou agir mais como psicólogo e trabalhar o aspecto moral do grupo, para assim evitar que a derrota para o Cruzeiro possa abalar emocionalmente o time. Os atletas botafoguenses, porém, garantem que já viraram essa página e estão concentrados no Náutico.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

“Nós lamentamos pelo que aconteceu contra o Cruzeiro, pois estivemos muito perto da vitória e acabamos derrotados", afirmou o volante Renato. "Mas isso faz parte do passado e sabemos que precisamos de uma vitória contra o Náutico para nos recolocar no caminho desejado. Será uma partida muito complicada e por isso não podemos ficar lamentando pelo que aconteceu”, completou.

Na visão de Maicosuel, o Botafogo precisa encarar a partida nos Aflitos como uma grande oportunidade de recuperar os pontos perdidos dentro de casa para os cruzeirenses. “Sabemos que não será fácil, mas dificuldades fazem parte desta competição”, analisou o meia.

Os botafoguenses, porém, minimizam a má campanha do Náutico no Brasileiro. “Atuando em casa, esse adversário é muito forte e acaba vendendo caro a derrota. Precisamos entrar ligados e assim permanecermos ao longo dos noventa minutos”, disse o zagueiro Fábio Ferreira.

Para este jogo, Oswaldo de Oliveira vai repetir a escalação que foi derrotada pelo Cruzeiro, isso porque continua sofrendo com um monte de desfalques. O goleiro Renan, o zagueiro Antônio Carlos, o volante Marcelo Mattos e o meia Fellype Gabriel foram vetados pelo departamento médico. Além deles, o goleiro Jéfferson está servindo à seleção brasileira em amistosos internacionais e o atacante Loco Abreu se encontra com a seleção do Uruguai nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014.

Náutico, de Souza, não vence desde abril
Gazeta Press
Náutico, de Souza, não vence desde abril


Pelo lado do Náutico, para tentar quebrar essa rotina de insucessos, o técnico Gallo deve promover a entrada do volante Souza e do atacante Rhayner para a partida diante do Botafogo. Eles substituíram Ramón e Kim durante o confronto com o Vasco e fizeram a equipe subir de produção. O zagueiro Márcio Rosário que já defendeu o time de General Severiano e que também entrou na segunda etapa pode formar a dupla de zaga com Ronaldo Alves, saindo Marlon que está se queixando de dores na coxa esquerda.

A definição sobre as mudanças na equipe só acontecerá momentos antes da partida já que Gallo que dirigiu o time cinco vezes - duas pelo Pernambucano e três pelo Brasileirão - não pretende dar qualquer arma ao adversário.

O zagueiro deixou a partida de quarta-feira reclamando de dores na coxa esquerda. O departamento médico do Náutico ainda reavaliará o jogador, mas é difícil que ele fique apto para enfrentar o Botafogo. As opções para o setor seriam Márcio Rosário e César Marques.

Para o treinador, o torcedor precisa ter um pouco de paciência porque o time ainda está sendo montado: “Contratamos mais de dez jogadores e dispensamos um número semelhante. Não existe mágica no futebol. Os resultados se conseguem com tempo e muito trabalho.”

FICHA TÉCNICA - NÁUTICO X BOTAFOGO
Local:
Aflitos, em Recife (PE)
Data: 10 de junho de 2012 (Domingo)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Thiago Brigido (CE) e Pedro Christino (PR)

NÁUTICO: Gideão; Auremir, Marlon (Marcio Rosário), Ronaldo Alves e Lúcio; Derley, Elicarlos, Martinez e Souza; Rhayner (Kim) e Araújo
Técnico: Alexandre Gallo

BOTAFOGO: Milton Raphael; Lucas, Brinner, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Jadson, Renato, Maicosuel, Vitor Júnior e Andrezinho; Herrera
Técnico: Oswaldo de Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.