Tamanho do texto

O vice-presidente do clube do Parque São Jorge foi alvo de protesto das facções organizadas durante a partida desta quinta-feira

Luís Paulo Rosenberg foi alvo da torcida
Bruno Winckler
Luís Paulo Rosenberg foi alvo da torcida

Se ninguém no Corinthians se sentiu à vontade para retrucar declaração de Luis Paulo Rosenberg de que o time é medíocre, a torcida não ficou calada. No jogo desta quinta-feira, contra o Figueirense, o vice-presidente do clube foi alvo de protesto das organizadas, que pediram sua saída.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Ao longo dos 15 minutos de intervalo, diversos cantos foram entoados próximo às sociais do Pacaembu. "Ô, Rosenberg, vai se f..., nessa história, o medíocre é você" foi o primeiro deles, seguido por outros que igualmente continham palavrões.

Confira ainda:  Site italiano especula Del Piero no Corinthians

O dirigente, que costuma assistir às partidas da Área VIP, não esteve nesta noite no estádio. Familiares dele, no entanto, ficaram magoados com os gritos. "Ele sempre fez tudo pelo Corinthians", disse um deles, aos berros e chorando.

Leia mais:  Com um jogador a mais, Corinthians apenas empata com o Figueirense

A ira da torcida foi uma resposta à frase infeliz de Rosenberg dita na noite de terça-feira, em seminário sobre gestão do futebol realizado no Insper (Instituto de Ensino e Pesquisa), Zona Sul de São Paulo. Na ocasião, ele falou a estudantes universitários que a equipe era medíocre.

Veja também:  Bill acerta rescisão com o Corinthians e deve assinar com o Santos

Questionado sobre o tema ao término do empate por 1 a 1 com o Figueirense, Tite se esquivou, mas deixou transparecer insatisfação. "Tenho muita experiência nessa relação, em equipes dessa grandeza", comentou o treinador, evitando estender a polêmica com o ex-diretor de marketing.

Confira os gritos da torcida contra Rosenberg:

"Ô, Rosenberg, vai se f..., nessa história, o medíocre é você"
"Rosenberg, c..., fora do Timão"
"Doutor, eu não me engano, o Rosenberg não é corintiano"
"Não é mole, não. Essa diretoria está matando a tradição"
"Ô, ô, ô. Medíocre é o c..."
"Rosenberg, c..., respeite a tradição"
"Ô, Rosenberg, seu falastrão, quem é você para falar do Coringão?"
"Se o Rosenberg não sair, olê, olê, olá, o pau vai quebrar"