Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

No grupo mais equilibrado, Polônia e Grécia abrem a 14ª Eurocopa

Seleções fazem o primeiro jogo do torneio nesta sexta-feira, às 13h (horário de Brasília)

Gazeta |

Pode-se afirmar que o Grupo A da Euro 2012 desta temporada, composto por Rússia, República Tcheca, Grécia e Polônia, esta última a anfitriã da competição continental, juntamente com a Ucrânia, é, teoricamente, o mais fácil, pois não possui nenhuma seleção nacional cabeça de chave, como Espanha, Alemanha, Itália, França, Inglaterra, Portugal e Holanda. No entanto, o equilíbrio dá a tom nesta chave.

Deixe seu recado e comente com outros torcedores

AP
Pequena torcedora pinta o rosto para a primeira partida da Euro 2012

Nesta sexta-feira, às 13 horas (de Brasília), Polônia e Grécia abrem a 14ª edição da Eurocopa, no Estádio Nacional, em Varsóvia (Polônia). Sem títulos desta competição, a Polônia aposta em jogadores que atuam no futebol estrangeiro, como o goleiro Wojciech Szczesny, do Arsenal (Inglaterra), o lateral esquerdo Dariusz Dudka, do Auxerre (França), o meia Ludovic Obraniak, do Bordeaux (França), e o meia Jakub Blaszczykowski e o atacante Robert Lewandowski, dupla que conquistou o bicampeonato nacional com o Borussia Dortmund (Alemanha).

iG analisa as 16 seleções que brigam pelo título da Euro 2012

A principal missão da Polônia é repetir as atuações dos anos 1970, quando conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Munique (Alemanha) e o terceiro lugar na Copa do Mundo, realizada na antiga Alemanha Ocidental. Para isto, os poloneses contam com a sua fanática torcida, que sempre faz a diferença nos jogos em casa, principalmente nas Eliminatórias para a Eurocopa e a Copa do Mundo, aonde a Polônia tem campanhas que merecem destaque.

Lewandowski, estrela polonesa, destacou a preparação de sua equipe para a Euro, exaltando também a concentração dele e de seus companheiros. "Nós sabemos os nossos objetivos. Eu acho que a nossa preparação foi muito boa. Nós temos que ir com calma, focar os nossos objetivos e saber pelo que estamos jogando", ponderou o atacante.

Leia também: Jogadores da Holanda são vítimas de racismo em treino antes da Euro

Getty Images
Giorgos Karagounis, destaque da Grécia, treina para a estreia da Euro 2012

Já a Grécia conhece muito bem o caminho para ser campeã da Euro. Em 2004, em Portugal, os gregos, coincidentemente, também integraram o Grupo A, juntamente com os anfitriões, os portugueses. A Grécia desbancou a Espanha e conseguiu a classificação no segundo lugar da chave, passando por França e República Tcheca nas fases seguintes e se tornando campeã da Eurocopa após vencer Portugal, por 1 a 0, na decisão, em pleno Estádio da Luz, em Lisboa, capital portuguesa.

Acompanhe tudo sobre a Euro 2012 pelo aplicativo iG Futebol

Com a maioria de seus jogadores atuando no futebol nacional, a Grécia aposta na experiência. O volante de 34 anos Giorgos Karagounis, do local Panathinaikos, já tem 107 jogos pela seleção grega. Enquanto isto, a esperança em balançar as redes adversárias está depositada no atacante de 32 anos Teofánis Gékas, atualmente no Samsunspor (Turquia). Gékas tem 21 gols pela Grécia.

De acordo com os gregos, a ordem é aproveitar a pressão adversária. "A Polônia vai ter a pressão de fazer a sua primeira partida com a condição de mandante. Eu acredito que nós podemos repetir 2004, quando vencemos Portugal (anfitrião) na estreia. Nós respeitamos cada oponente no nosso grupo, mas não tememos ninguém. Então, queremos estragar a festa deles", disse o lateral Tzavélas.

Fotos: Veja as camisas de todas as seleções da Euro 2012


FICHA TÉCNICA
POLÔNIA X GRÉCIA

Local: Estádio Nacional, em Varsóvia (Polônia)
Data: 8 de junho de 2012, sexta-feira
Horário: 13 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Carlos Velasco Carballo (ESP)
Assistentes: Roberto Alonso Fernández (ESP) e Juan Carlos Yuste Jiménez (ESP)

POLÔNIA: Szczesny; Wasilewski, Wawrzyniak, Piszczek, Perquis; Polanski, Murawski, Blaszczykowski, Obraniak, Rybus; Lewandowski.
Técnico: Franciszek Smuda

GRÉCIA: Sifakis; Torosidis, Papastathopo, Papadopoulos, Holebas; Katsounaris, Maniatis, Karagounis; Salpingidis, Gekas, Samarás.
Técnico: Fernando Santos

Leia tudo sobre: PolôniaGréciafutebol mundialeuro 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG