Em atividade aberta ao público, realizada em Cracóvia, atletas negros da seleção holandesa são hostilizados

Seleção holandesa treina em Cracóvia
AP
Seleção holandesa treina em Cracóvia

A Eurocopa ainda nem começou e já registra o primeiro caso de racismo. Nesta quinta-feira, jogadores negros da Holanda foram vítimas de gritos de insulto durante treino aberto ao público, realizado na cidade de Cracóvia, na Polônia.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

As ofensas começaram logo no início da atividade, quando os jogadores correram ao redor do gramado e ouviram gritos imitando macacos vindos da arquibancada. Os holandeses, então, passaram a evitar passar por perto de onde estava a concentração de racistas e treinou do lado oposto do campo.

Conheça melhor as 16 seleções que vão disputar a Euro 2012

“É uma desgraça lidar com algo assim, ainda mais após visitar Auschwitz”, disse o volante Mark van Bommel, capitão da seleção. “Vamos levar esse caso até a Uefa e, se isso acontecer na Euro, vamos conversar com o árbitro e pedir para nos retirarmos de campo”, completou.

Qual seleção tem as camisas mais bonitas da Euro 2012? Veja e vote

O racismo é uma das principais preocupações da Uefa para a Eurocopa deste ano, já que Polônia e Ucrânia, países que sediarão a competição, são considerados bastante preconceituosos. O presidente da entidade, Michel Platini afirmou que os árbitros poderão paralisar as partidas na Euro e até cancelar o jogo em caso de ofensas racistas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.