Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Improvisado, Léo aprova atuação como meia e Muricy dá apoio: “Até foi bem”

Lateral-esquerdo "quebrou galho" e recebeu elogios do treinador

Gazeta |

Gazeta Press
Léo foi improvisado no meio campo e não decepcionou

O lateral esquerdo Léo jogou pela primeira vez no meio-campo do Santos , testado visando as semifinais da Copa Libertadores da América. Escalado com a camisa 10 do Peixe, o veterano jogador aprovou o seu próprio desempenho no empate com o Fluminense , na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro.

Leia também: Defesas erram, e Santos empata com o Fluminense em casa

Para ajudar o time na marcação, por vezes Léo atuou mais adiantado, apertando a saída de bola do adversário. “Eu não fui um meia mesmo, só que mais na frente do que na armação mesmo. Estou muito tranquilo. Sei o que posso produzir. É apenas o primeiro jogo. Na minha avaliação eu fui bem”, disse.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Indagado sobre o desempenho do experiente atleta santista no meio-campo, Muricy acredita que Léo ajudou a equipe da melhor maneira possível. “Um tempo atrás eu ouvi ele falar que poderia ser utilizado no meio. Como eu não sou surdo, a gente ‘põe na área‘ mesmo. Claro que nessa posição você tem de saber jogar de costas, mas ele não foi tão mal. Até se posicionou bem, ocupou bem os espaços“, comentou.

Segundo o treinador alvinegro, o importante no momento é dar sequência a Léo, que concorre com Alan Kardec pela vaga de Paulo Henrique Ganso, contra o Corinthians, na próxima quarta, no primeiro confronto das semifinais da Libertadores.

“Depois quando eu tirei o Juan, foi porque eu não podia deixar o Léo perder esse embalo. Quando o jogador está com confiança você não pode tirar. Arrumei um lugar no time e ele até foi bem”, encerrou Muricy Ramalho.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG