O jogo foi emocionante e o placar foi construído no final da partida, deixando as duas equipes satisfeitas

Vitória e América-RN ficaram no empate em Salvador
AE
Vitória e América-RN ficaram no empate em Salvador

Vitória e América-RN entraram em campo nesta terça-feira para que a segunda rodada da Série B fosse concluída. Em uma partida repleta de oportunidades para os dois lados, os torcedores de ambos os clube saíram do Barradão satisfeitos com o empate por 2 a 2, construído apenas nos minutos finais do confronto.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores 

O ponto somado para cada lado não empolgou nenhum dos dois treinadores e deverá determinar a alteração de algumas peças para o próximo confronto de ambos os times na competição. O Vitória entrará em campo nesta sexta-feira para enfrentar o Boa Esporte, em Varginha, ao mesmo tempo em que o América-RN medirá forças com o Bragantino, no Nazarenão.

Leia mais:  Goiás faz lição de casa diante do Paraná e dá salto na classificação

O jogo
O América-RN começou a partida implacável e promoveu uma verdadeira blitz no setor defensivo do Vitória. A equipe ameaçou pela primeira vez com Isac, aos cinco minutos de jogo, mas o chute saiu pela linha de fundo. Já aos 13, Isac recebeu de Norberto e girou para cima da marcação, só que a conclusão da jogada não ameaçou o goleiro Douglas.Embora o Vitória tenha conseguido equilibrar a partida com o desenrolar do primeiro tempo, os visitantes continuavam melhores e trocavam passes com facilidade no meio-campo. Responsável por substituir o lesionado Norberto aos 26 minutos da etapa inicial, Pingo entrou em campo para decidir o confronto a favor de seu time.

Confira a classificação da Série B 

Inicialmente, o jogador viu o chute de Isac raspar a trave de Douglas aos 39 minutos. Ciente do que precisava fazer para vencer o camisa 01 do Leão, o atleta dominou o passe pelo alto de Lúcio no peito e aproveitou a falha de posicionamento da defesa adversária para tocar na saída do goleiro, inaugurando o marcador aos 40 minutos de jogo.

Assustado com o gol tomado, o Vitória voltou para o segundo tempo da mesma forma que terminou o primeiro. Logo no início da etapa complementar, Lúcio ameaçou o arqueiro rubro-negro e chutou por cima do travessão. Em seguida, Dinei chamou a responsabilidade para si e respondeu com um chute rente à trave do arqueiro adversário.

A finalização do centroavante baiano deixou o Leão empolgado e fez com que o panorama do jogo mudasse. O Vitória passou a exercer o domínio da partida e insistia de todas as formas. Victor Ramos tentou de bicicleta aos sete, mas não conseguiu concluir a jogada, enquanto Tartá parou nas mãos do goleiro Dida.

Já aos 11 minutos, Dinei não perdoou o goleiro americano e aproveitou o cruzamento de Marquinhos para cabecear na medida, sem chances de defesa para Dida. No lance seguinte, Neto Baiano tentou a finalização após cruzamento de Mansur, mas o camisa 01 potiguar afastou o perigo com uma bela defesa.

Dida ainda salvaria o América-RN em mais uma ocasião. Aos 18 minutos, Neto Baiano desviou com perigo e exigiu grande participação do arqueiro adversário. O time continuava no ataque e desperdiçava inúmeras chances, até que os visitantes surpreenderam com um gol aos 38 minutos. Cleber aproveitou bola alçada para dentro da área e subiu sozinho para cabecear, silenciando o Barradão.

Entretanto, o jogador não contava com a estrela de Neto Baiano. Depois de ter perdido a oportunidade de decretar a virada do Leão ao longo do jogo, o goleador rubro-negro não se abateu e determinou a igualdade com um belo gol de falta, no ângulo de Dida. Antes do apito final, Michel ainda seria expulso por impedir o avanço do América-RN, sacramentando o empate em Salvador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.