Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ex-atletas de Muricy, corintianos revelam admiração por treinador santista

Emerson Sheik, Fábio Santos, Alex e Danilo já trabalharam com o comandante no passado e o reencontrarão na semifinal da Libertadores

iG São Paulo * |

Divulgação
undefined

Campeão brasileiro nos últimos três anos, Emerson Sheik conquistou o título de 2010 pelo Fluminense, onde era comandado por Muricy Ramalho. O confronto entre Corinthians e Santos pela semifinal da Libertadores deste ano marcará o reencontro do atacante com o treinador pelo qual ele demonstra ter bastante admiração.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Tenho muito respeito por ele, como profissional e como pessoa. Gosto dele de verdade, e ele sabe muito bem disso", afirmou Emerson, que ainda revelou ter tido uma falsa primeira impressão de Muricy. "Quando ele chegou ao Rio de Janeiro, a galera ficou meio com o pé atrás, porque ele parecia sério, durão. Mas no dia a dia ele foi se mostrando diferente do que a gente pensava. Não era amigão dele, mas tínhamos um relacionamento bacana, de brincadeiras, o que não é tão normal”, admitiu.

Acompanhe a Libertadores em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

Além dos títulos conquistados ao longo da carreira, o quase escondido lado carinhoso de Muricy, em especial com a família, chama atenção de Emerson. O atacante até brincou quando foi questionado sobre as diferenças entre o comandante santista e Tite, seu atual técnico no Corinthians. "O Tite é mais polido em tudo o que fala. Não que o Muricy não seja, mas cada um tem seu jeitinho. Um é mais educadinho, o outro é mais de porrada. Mas os dois são gente boa", respondeu.

Leia também: Emerson Sheik admite fase ruim do ataque do Corinthians

O lateral-esquerdo Fábio Santos não teve contato tão estreito assim com Muricy, mas também revela admiração pelo treinador santista e enxerga semelhanças com Tite. "O Muricy tinha acabado de chegar ao São Paulo quando eu fui para o Japão, em 2006. São dois treinadores diferentes, mas vencedores. Eles não se acomodam com um título, buscam outro em seguida, trabalham muito. Cada um com sua maneira de lidar com os jogadores", explicou.

Veja ainda: Para Emerson, Santos é favorito diante do Corinthians na Libertadores

Outros dois jogadores do Corinthians já trabalharam com Muricy. Por coincidência, os dois meias atualmente titulares: Alex foi comandado por ele no Internacional, entre 2004 e 2005 (ano que venceu o Campeonato Gaúcho), e Danilo era dirigido pelo treinador no São Paulo de 2006, campeão brasileiro.

E mais: "Santos tem boas chances de ir à final se Neymar estiver bem", diz Pelé

Os velhos conhecidos voltarão a se ver na Vila Belmiro, em 13 de junho, dia marcado para a primeira semifinal da Libertadores. Uma semana mais tarde, Corinthians e Santos se enfrentam novamente, desta vez no Pacaembu. Quem passar desse duelo terá pela frente, na decisão do título, o vencedor da semifinal entre Universidad de Chile e Boca Juniors (Argentina).

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: corinthianssantosmuricy ramalholibertadores 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG