Atacante fará tratamento contra tendinite e deve ficar fora do jogo contra o Santos, na próxima quarta-feira

Rafael Moura tem sentido dores nos tornozelos
Photocamera
Rafael Moura tem sentido dores nos tornozelos

Uma avalanche de problemas físicos tem reduzido drasticamente as opções de escalação do técnico Abel Braga no Fluminense . Nesta sexta-feira, mais uma dor de cabeça para o treinador. Com dores nos dois tornozelos, o atacante Rafael Moura fará um tratamento intensivo contra tendinite e deverá ficar fora da partida contra o Santos, na próxima quarta-feira, na Vila Belmiro.

Rafael Moura sentia dores há algumas semanas e começou a fazer fisioterapia logo após o jogo contra o Boca Juniors, pela Copa Libertadores. Ele não treina com o grupo desde a última quinta-feira e, sem previsão de retorno aos gramados, deverá ser substituído pelo jovem Samuel, revelação das categorias de base.

Veja também: Com departamento médico cheio, Flu paga por sequência de partidas

Com sete jogadores afastados por lesão – Fred, Rafael Sobis, Rafael Moura, Thiago Neves, Leandro Euzébio, Diguinho e Valencia -, o técnico Abel Braga precisou subir cinco garotos das categorias de base para completar o treinamento nas Laranjeiras. Os volantes Moisés e Marlon, o meia Rafael Assis, o zagueiro Reginaldo e o atacante Michael foram as novidades.

Entre tantas notícias ruins, a movimentação do meia Deco, que se recupera de uma lesão na coxa direita, foi um alento para o treinador do Fluminense. O jogador treinou com os companheiros pela primeira vez após a lesão, participando do coletivo e da parte tática. A escalação contra o Santos deverá depender apenas do meia.

Leia ainda: Rafael Moura e Abel Braga têm penas convertidas em doação de cestas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.