Bicampeão carioca, Thiago Neves comemora troca do Fla pelo Flu

“Estou acertando nas minhas escolhas”, disse o meia, campeão estadual com o Flu pela primeira vez

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Photocamera
Thiago Neves (à dir.) segura a taça de campeão
Único bicampeão carioca no gramado do Engenhão, no último domingo, o meia Thiago Neves tem bons motivos para comemorar. A troca do Flamengo, já de férias na temporada e vivendo um momento conturbado internamente, pelo Fluminense, que além do título estadual, segue bem na Copa Libertadores, foi comemorada pelo jogador, que tem família tricolor.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Apesar de ter vivido bons momentos no time carioca, com a conquista da Copa do Brasil de 2007 e grandes atuações no vice da Libertadores, em 2008, o estadual ganho no último domingo foi o primeiro com a camisa do Fluminense.

Leia mais: Com mico da Federação, Flu festeja 31º título. Veja os bastidores

“Não tinha sido campeão carioca com o Fluminense. É um sabor especial, espero que seja o primeiro de muitos. Estou acertando minhas escolhas, espero ganhar no ano que vem novamente. Não ganhei sozinho, o time se preparou para isso. O Carioca é muito difícil, conta com grandes equipes”, destacou Thiago Neves, que agradeceu o esforço do clube para repatriá-lo.

Veja mais: Flu leva o Carioca com 'mistão', e Abel elogia qualidade do grupo

“Agradeço ao Celso Barros, Peter, que confiaram em mim. Aos jogadores, ao Abel, que pediu a minha contratação. Acho que estou conseguindo fazer em campo que eles estão pedindo”, completou o jogador.

Veja também: Diretoria 'libera geral' e Flu só pensará no Boca na terça-feira

De olho na partida de ida das quartas de final da Libertadores, contra o Boca Juniors, o meia admite que 'tirou o pé' depois do gol de Rafael Moura, na segunda etapa. Thiago Neves foi protagonista de uma recuperação impressionante, tendo torcido o tornozelo antes da primeira partida da decisão, mas atuando apenas três dias depois.

Leia ainda: Números mostram evolução de Deco nos jogos decisivos do Carioca

“Acho que quando o Rafael Moura fez o gol, não só eu, mas todos no nosso time deram uma poupada. O Botafogo teria que marcar quatro, era muito difícil. Sabemos que quinta-feira a gente tem que estar 150% para passar pelo Boca Juniors. É comemorar hoje e amanhã já começar a se preparar”, encerrou o camisa 7.

Ajude o time do Fluminense a subir no ranking da Torcida Virtual

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG