Adriano assume falta de cuidados no Corinthians, mas se diz humilhado

Atacante, que se recupera de nova cirurgia, irá acionar o clube judicialmente por não concordar com demissão por justa causa

iG São Paulo |

Agência O Globo
Próximo do Flamengo, Adriano assumiu que faltou a muitas sessões de fisioterapia

O atacante Adriano , demitido do Corinthians em março , não aceitou bem seu desligamento do clube por justa causa e prometeu reivindicar seus direitos na justiça. No entanto, em entrevista ao Fantástico , da TV Globo , o jogador assumiu que não teve os cuidados necessários com sua lesão e que faltou a várias sessões de fisioterapia, o que pode ter contribuído para que ele tivesse que passar por nova cirurgia.

Leia também: "Não desisti ainda", diz Adriano, após anúncio de nova cirurgia

"Eu não tomei os cuidados certos para que eu pudesse ficar bem. Eu tenho consciência disso. Eu fui teimoso. No começo eu faltei muito [à fisioterapia]. Eu vinha para o Rio de Janeiro, não queria voltar e voltava só no outro dia, mas nunca deixei de avisar e eles sempre concordaram", declarou o 'Imperador'.

E mais: Por recuperação, Adriano abre mão de feriado e final de semana

Durante a entrevista, Adriano revelou suas mágoas tanto com a diretoria corintiana quanto com o treinador Tite . O jogador, que em um ano de clube, participou de oito jogos e marcou dois gols , criticou a falta de comunicação com o técnico, com quem afirmou que só conversou duas vezes, e contou o que sentiu durante a semana em que ficou preso no CT Joaquim Grava.

Confira ainda: Adriano divulga imagem de curativo e inicia fisioterapia

AE
Adriano alega que seu 'cárcere' no Corinthians foi consensual
"Fiquei lá dentro por uma semana sem falar nada. Eu aceitei aquilo, mas em nenhum momento o clube disse que eu havia concordado. Eles fizeram parecer que foi um castigo, para mostrar para todo mundo que no Corinthians 'não tem moleza'. Até certo ponto, eu estava me sentindo humilhado", disse Adriano .

O centroavante afirmou que deverá estar em condições de atuar novamente dentro de quatro meses e meio, e que deverá assinar contrato com o Flamengo . Desta forma, Adriano voltará à atuar no Rio de Janeiro, cidade da qual disse sentir muita falta no período em que atuou pelo clube do Parque São Jorge.

No Corinthians: Adriano jogou apenas 350 minutos e cada gol custou R$ 2,4 milhões

"Eu não consegui me identificar com São Paulo, mas não que seja uma cidade ruim. E uma das cidades que tem a comida muito boa, mas acho que por ser carioca e estar acostumado com praia", revelou o atacante.

A fase ruim, contudo, não assusta Adriano . Depois de passagens apagadas pela Roma e pelo Corinthians , o 'Imperador' acredita que ainda pode reerguer sua carreira ao patamar alcançado enquanto jogava na Inter de Milão e voltar à seleção brasileira , apesar de sua mãe já ter pedido para ele deixar o futebol.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

AgNews
Adriano e a 'cervejinha' são companheiros inseparáveis
"A gente cai para aprender a se levantar. Mais uma vez eu dei uma 'caidinha' e só dependo de mim para levantar. Aprendi muita coisa, mas o Adriano vai continuar sendo o Adriano de sempre. Isso não vai mudar nunca", disse, para depois reafirmar o desejo de defender a camisa do Brasil. "A seleção é um sonho que eu vou alcançar, pode ter certeza disso".

Outro ponto tocado durante a entrevista foi a relação do atacante com a 'cervejinha'. Sempre criticado por abusar das bebidas alcoólicas , Adriano disse não ver problemas no consumo do produto e que isso é muito comum no futebol.

"Todo jogador de futebol bebe. Eu não consigo beber só uma cervejinha quando faço churrasco com os meus amigos. Acho que isso é impossível. Eu tenho 30 anos de idade e sei muito bem o que estou fazendo", reclamou o jogador.

    Leia tudo sobre: corinthiansflamengoadriano

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG