Inter perde no Peru e vai enfrentar o Fluminense na Libertadores

Gaúchos fizeram a pior campanha entre os 16 classificados e só asseguraram vaga com a ajuda do Santos

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Alexandre Lops/AI Internacional
Inter enfrentou o Juan Aurich
A Libertadores terá um grande clássico brasileiro já nas oitavas de final. O Fluminense, de melhor campanha na primeira fase, vai enfrentar o Inter, pior entre os 16 classificados.

O clube gaúcho se complicou na noite desta quinta-feira. Jogando no Peru, perdeu por 1 a 0 para o já eliminado Juan Aurich. Tejada, aos 14 minutos do primeiro tempo, fez o gol. Os gaúchos poderiam até ter ficado fora, caso o Santos tivesse perdido para o The Strongest. 

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O Inter fez uma apresentação terrível no primeiro tempo. Os jogadores não se adaptaram ao campo sintético do estádio peruano. A produção ofensiva foi muito pequena. De quebra, a zaga ainda falhou e viu Tejada abrir o placar para o Juan Aurich. Logo cedo, o árbitro poderia ter dado um pênalti sobre Bolívar, que foi puxado dentro da área. O técnico Dorival Júnior deixou o gramado reclamando da arbitragem.

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

Os brasileiros continuaram tendo muita dificuldade no segundo tempo. Em boa parte, o jogo esteve mais para o 2º gol do Juan Aurich. O Inter pouco criou e mereceu perder. 

Domingo, o Inter tem outra decisão, dessa vez pelo Campeonato Gaúcho. Vai receber o Veranópolis, 16h, no Beira-Rio, valendo vaga na final do 2º turno.

AP
Inter teve muita dificuldade para jogar no gramado sintético

O jogo:
Os jogadores do Inter tiveram que tentar se adaptar ao gramado sintético. O jogo começou com poucas chances de gol. Aos 8 minutos, o árbitro poderia ter dado pênalti em Bolívar, que foi puxado ao tentar uma cabeçada. Aos 12, foi Damião quem pediu um pênalti após também ser puxado. Na primeira chegada peruana, gol. Bolívar errou o tempo de bola para cortar o cruzamento e Tejada cabeceou para fazer 1 a 0.

AP
Clube gaúcho terá que enfrentar o Fluminense nas oitavas
O Inter se abalou com o gol, demorou para voltar a atacar. Aos 26, D´Alessandro arriscou cobrança de falta. Fácil para o goleiro Penny. No minuto seguinte, Índio completou o escanteio e a cabeçada passou pertinho do gol. O Aurich ainda poderia ter ampliado aos 43: Chiroque finalizou de letra e Muriel defendeu.

Valencia poderia ter ampliado antes do 1º minuto do segundo tempo. Ele pegou uma bola mal afastada por Kleber e obrigou Muriel a fazer boa defesa. Aos 7, D´Ale arriscou belo chute, passando pertinho do gol. Zuñiga ia marcar um golaço aos 11. Fez fila no lado direito da defesa do Inter, mas chutou para fora.

Aos 21, Tejada ia dando um balãozinho em Kléber e saindo na cara do gol. O lateral se recuperou e jogou para escanteio. Aos 30, Muriel evitou um gol de bicicleta de Tejada. Aos 42, Jô bateu cruzado, obrigando grande defesa do goleiro peruano.

FICHA TÉCNICA - JUAN AURICH 1 X 0 INTER
Local:
Estádio Elías Aguirre, em Chiclayo (Peru)
Data: 19 de abril de 2012, quinta-feira
Horário: 19h e 45 minutos (de Brasília)
Árbitro: Marlon Escalante (Venezuela)
Auxiliares: Jorge Urrego e Elbis Gomez (Venezuela).
Cartão amarelo: Rojas (Juan Aurich); Tinga, D´Alessandro, Kléber, Índio (Inter)

GOLS:
Juan Aurich:
Tejada, aos 14 minutos do primeiro tempo.

JUAN AURICH: Penny; Minaya, Guadalupe, Fleitas e Quina; Rojas, Molina (Valencia), Chiroque e Cueto; Tejada e Zuñiga (Kahn).
Técnico: Diego Umaña.

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Kléber; Sandro Silva, Tinga (João Paulo), Dátolo (Jô) e D´Alessandro; Gilberto (Jajá) e Leandro Damião.
Técnico: Dorival Júnior.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG