Cristóvão testa time ofensivo para clássico com o Flamengo

Vasco pode ter do meio para frente Rômulo, Felipe, Juninho Pernambucano, Diego Souza, Eder e Alecsandro

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

O Vasco vai jogar com bastante ousadia no clássico de domingo com o Flamengo , às 16h, no Engenhão, pela semifinal da Taça Rio – segundo turno do Campeonato Carioca . Nesta quinta-feira, o técnico Cristóvão Borges testou um meio-campo bem ofensivo durante o coletivo realizado em São Januário. Rômulo foi o único jogador com características exclusivas de marcação. O restante do setor foi composto por Felipe, Juninho Pernambucano e Diego Souza.

Veja também: MP denuncia Vasco e juíza interdita CT das categorias de base

Futura Press
Diego Souza é uma das armas de Cristóvão contra o Flamengo
Sem contar que, na frente, o time terá o aniversariante do dia, Eder Luis, e o artilheiro Alecsandro. Recuperado da fratura no pé esquerdo, no fim do Campeonato Brasileiro, Eder está voltando à boa forma e tem feito seus gols este ano. Quanto a Alecsandro, o ataque está bem servido, já que o camisa 9, com 12 gols, é o principal goleador do estadual ao lado de Somália.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O único desfalque na equipe continua sendo o zagueiro Dedé, que se recupera de um edema ósseo na fíbula da perna esquerda. Novos exames apontaram uma pequena evolução da lesão, o que pode, ainda assim, acabar tirando o jogador das oitavas de final da Copa Libertadores da América. A zaga continua sendo formada por Renato Silva e Rodolfo. Fágner e Thiago Feltri estão confirmados nas laterais. E, no gol, Fernando Prass.

Como de costume, Eder Luis levou uma tradicional ovada no fim do treino. O atacante completou 27 anos e não ficaria fora das provocações dos companheiros. O jogador levou a brincadeira na esportiva, e aproveitou para falar sobre a maturidade nesta fase da carreira.

“Chego a uma idade que sou útil para o futebol, pois você tem experiência. Hoje vejo desta forma, com títulos na carreira, além de ter a possibilidade de disputar outros mais. Isso é gratificante. Espero que este ano seja tão importante para mim como foi o ano passado”, disse o atacante vascaíno.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG