Ex-jogador foi indicado pela federação do Rio de Janeiro para representar a região sudeste na entidade

Em meio a uma briga política entre as federações do Rio de Janeiro e de São Paulo para indicar o vice-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) da região sudeste, Mario Jorge Lobo Zagallo mantém a sua vontade de assumir o cargo. Apesar de ter tido o nome rejeitado pela Federação Paulista de Futebol, que indicou o seu presidente Marco Polo Del Nero para o cargo ocupado por José Maria Marin até o mês passado, o ex-jogador afirma que aceita participar de uma eleição com o dirigente paulista.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Para mim não afeta em nada a indicação do Del Nero. Eu recebi um convite e aceitei. Se tiver eleição, participo”, afirmou Zagallo ao iG . “Eu achei que era o momento, visando, principalmente, a seleção brasileira. O que bateu em mim foi isso. Eu estaria mais perto da amarelinha”, diz.

Zagallo durante homenagem no Engenhão, no último domingo
AE
Zagallo durante homenagem no Engenhão, no último domingo


Na última terça-feira, o presidente da CBF, José Maria Marin, admitiu que a entidade ainda não sabe se haverá eleição para a vice-presidência da entidade. “O nosso departamento jurídico está analisando se há necessidade de pleito ou se o que vale é a indicação da Federação Paulista”, afirmou.

VEJA TAMBÉM: Paulistas indicaram Del Nero para cargo de vice da região Sudeste na CBF

Marin quer Del Nero no posto que era seu até a saída de Ricardo Teixeira, que renunciou o cargo, após ter seu nome envolvido em denúncias de corrupção no Brasil e no exterior. Já o presidente da Federação de Futebol do Rio de Janeiro, Rubens Lopes, é contrário ao nome do cartola paulista. O carioca defende que havia um acordo entre as entidades para que houvesse uma alternância no poder entre as duas federações e que agora seria sua vez de indicar o vice.

“Sinceramente não sabia que haveria essa disputa. Achei que seria o único indicado. Era o momento da Federação do Rio de Janeiro de indicar o vice me disse o Rubinho”, afirmou Zagallo, se referindo ao presidente da entidade.

LEIA MAIS: Dívida de clubes com a CBF aumentou mais de 29% no último ano

Tanto Zagallo, 80 anos, quanto Del Nero, 71, se assumirem o cargo, seriam o vice-presidente da CBF mais velho. Com isso, estariam em primeiro lugar na linha sucessória da entidade caso Marin deixe a presidência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.