Além dos três brasileiros, outras quatro equipes podem terminar a fase de grupos com a melhor campanha. Veja a situação de cada uma

Fluminense, de Rafael Sóbis, depende apenas de si para ser líder geral da Libertadores
Photocamera
Fluminense, de Rafael Sóbis, depende apenas de si para ser líder geral da Libertadores
Com a derrota do Vélez Sarsfield diante do Defensor nesta terça-feira , sete times ainda estão vivos na disputa pela melhor campanha da fase de grupos da Libertadores , sendo três brasileiros: Fluminense , Corinthians e Santos . A equipe carioca é a única que depende apenas do próprio esforço para garantir o direito de jogar todos os confrontos de mata-mata dentro de casa.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Tudo o que o Fluminense precisa para assegurar a liderança geral é vencer o Arsenal de Sarandi nesta quarta-feira. O jogo será na Argentina, mas o adversário já está eliminado e dificilmente oferecerá resistência. Com quatro vitórias e uma derrota, os cariocas somam 12 pontos nas cinco rodadas disputadas até o momento na competição.

Leia também:  Fluminense visita Arsenal de olho na liderança da fase de grupos

Um empate faria com que o Fluminense chegasse a 13 pontos e se igualasse ao Libertad, que já encerrou sua participação na fase de grupos. A igualdade, no entanto, não bastaria, visto que o time paraguaio levaria vantagem no saldo de gols – 5 a 4.

Veja ainda: Corinthians enfrenta eliminado Táchira atrás de lucro maior nas oitavas

O Corinthians, que também vai a campo nesta quarta, agradecerá um tropeço do Fluminense. No seu último compromisso da fase de grupos, o time de Parque São Jorge receberá no Pacaembu o Deportivo Táchira, lanterna do grupo. Se vencer, chegará a 14 pontos, mas terá que aguardar o desfecho da rodada do dia seguinte para saber de poderá comemorar ou não.

Isso porque o Atlético Nacional visitará o Universidad do Chile na quinta e pode ficar com a liderança geral se triunfar. Os colombianos têm a mesma pontuação do Corinthians, mas possuem dois gols a mais de saldo.

Confira como acompanhar os jogos desta 'superquarta'

Também na quinta, o Santos encara o The Strongest na Vila Belmiro. As chances de o time comandado por Muricy Ramalho encerrar a fase de grupos com a melhor campanha são mínimas, pois será necessário golear os bolivianos e ainda torcer por uma combinação de tropeços dos demais concorrentes.

Confira abaixo os seis times que ainda podem desbancar o Libertad e o que cada um deles precisa fazer para ficar com a liderança geral:

FLUMINENSE
Campanha: 12 pontos e dois gols de saldo
Adversário na última rodada e local da partida: Arsenal de Sarandi, na Argentina
Para ter a melhor campanha: precisa vencer o time argentino

CORINTHIANS
Campanha: 11 pontos e cinco gols de saldo
Adversário na última rodada e local da partida: Deportivo Táchira, em São Paulo
Para ter a melhor campanha: além de derrotar os colombianos, terá que torcer para o Fluminense não ganhar do Arsenal e por um tropeço do Atlético Nacional diante da Universidad de Chile. Se o Atlético vencer, vai precisar golear o Táchira e superar o Atlético Nacional no salto de gols

ATLÉTICO NACIONAL
Campanha: 11 pontos e nove gols de saldo
Adversário na última rodada e local da partida: Universidad de Chile, no Chile
Para ter a melhor campanha: além de vencer o seu jogo, precisa de um tropeço do Fluminense e torcer para que o Corinthians não o ultrapasse no saldo de gols

SANTOS
Campanha: 10 pontos e cinco gols de saldo
Adversário na última rodada e local da partida: The Strongest, em Santos
Para ter a melhor campanha: precisa superar os bolivianos e contar com tropeços de Fluminense, Corinthians e Atlético Nacional. Será necessário torcer ainda para que Boca Juniors e Universidad de Chile, caso vençam, não o supere no saldo de gols

BOCA JUNIORS
Campanha: 10 pontos e quatro gols de saldo
Adversário na última rodada e local da partida: Zamora, na Argentina
Para ter a melhor campanha: precisa vencer e torcer por tropeços de Fluminense, Corinthians e Atlético Nacional. Será necessário ainda que a vitória sobre o Zamora seja por uma diferença maior do que as de Santos e Universidad de Chile nesta última rodada

UNIVERSIDADE DE CHILE
Campanha: 10 pontos e quatro gols de saldo
Adversário na última rodada e local da partida: Atlético Nacional, no Chile
Para ter a melhor campanha: precisa construir uma vitória mais larga do que as de Santos e Boca Juniors nesta última rodada. Além disso, será necessário torcer para que nenhum dos demais adversários vença seus respectivos compromissos 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.